Nova versão aperfeiçoa ações do plano de enfrentamento à covid-19 para povos indígenas

Uma nova versão do Plano de Enfrentamento e Monitoramento da Covid-19 para Povos Indígenas Brasileiros foi apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo Governo Federal, sob coordenação do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Plano
Foto: Divulgação/Funai

Com o aperfeiçoamento do plano, o principal foco é o reforço na proteção das comunidades indígenas. O documento leva em consideração a evolução contextual da doença no país.

Em relação ao isolamento necessário, houve ampliação da quantidade de barreiras de contenção e sanitárias nos territórios indígenas. O número passou de 229 para 309. Isso representa um aumento de 35% em apenas quatro semanas.

Além disso, o Governo Federal tem investido na implementação de 100 estruturas provisórias de quarentena e apoiará a construção, reforma ou melhoria de cerca de 600 edificações nas aldeias. O investimento será de mais de R$ 2 milhões.

As ações de reforço alimentar também terão continuidade. A distribuição terá um incremento, em caráter emergencial, de 300 mil cestas. Ao todo, o Governo distribuirá 728,4 mil cestas de alimentos e itens de higiene e limpeza. No total, serão investidos aproximadamente R$ 96 mi até dezembro.

Na área da saúde, a relação intergestora e intersetorial teve aprimoramentos para a garantia de atendimento integral de saúde aos povos indígenas pelo Governo Federal e governos municipais e estaduais.

Com o montante que chega a R$ 68 mi, foi autorizada a contratação de mais de 100 Equipes de Resposta Rápida e já foram adquiridos quase 1 milhão de insumos, equipamentos de proteção individual (EPIs) e testes rápidos.

Já para facilitar a comunicação e o atendimento, serão fortalecidas estratégias de telessaúde por radiofonia, telefone e outros instrumentos e de provisão de acesso à tecnologia em estabelecimentos de saúde indígena. A rede de atendimento de saúde para os povos indígenas também será ampliada por meio da implementação de novas Unidades de Atenção Primária Indígena (UAPI).

Conheça o Plano 

Assessoria de Comunicação / Funai – Com informações do MMFDH   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.