Live abordará queimadas na Amazônia em tempo de Covid-19

Em referência ao Dia da Amazônia, o debate reunirá pesquisadores e profissionais de diversas instituições e encerrará com o lançamento de uma publicação sobre o tema        cartilha01queimadas

Agência Museu Goeldi – De agosto de 2019 a julho de 2020, o desmatamento na Amazônia aumentou em 34% enquanto, no último mês de agosto, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) registrou 29.307 focos de queimada na região. Posteriores ao desmatamento das áreas de florestas, as queimadas provocam graves danos aos ecossistemas, com a emissão de gases à atmosfera e o aumento de riscos de adoecimento pelas populações locais, entre outros.

Para debater os problemas dos incêndios florestais na região, na próxima sexta-feira (4), às 10h30, o projeto de pesquisa “Mata Sem Fogo”, o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) e a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) realizarão uma live no YouTube. Na ocasião, também será lançada a publicação “Queimadas na Amazônia em tempos de Covid-19”, que foi elaborada para conscientizar ludicamente a população sobre os malefícios das queimadas.

A programação também é parte da agenda do MPEG para o Dia da Amazônia, criado pela Lei nº 11.621, de 19 de dezembro de 2007, com o intuito de reforçar a importância da maior floresta tropical do mundo e da sua alta biodiversidade para o planeta.

Live – A live será mediada pela professora Amanda Ferreira, da UFOPA, com a participação da pesquisadora Ima Vieira, do Museu Goeldi; da analista Ambiental da Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, Jackeline Nóbrega; e de Dinael Arapiun, representante da rede Tapajoara.

Os convidados, por meio de suas experiências e relatos, trarão diversas perspectivas sobre o cenário atual dos incêndios na Amazônia.

imagem01cartilhaqueimadas

Cartilha – Fruto da pesquisa realizada pelo Mata Sem Fogo, a pesquisa que culminou na elaboração da cartilha sobre queimadas foi coordenada pelo o Museu Emílio Goeldi e desenvolvida em parceria com o Grupo de Estudos e Atividades Socioambientais na Amazônia (GEASA), vinculado à UFOPA, com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Instituto Iniciativa Amazônica (Iniama) e da Rede Tapajoara. Seu financiamento se deu pelo projeto Prevfogo,ligado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Editado pelos pesquisadores da UFOPA, o material tem uma proposta didática e acessível para abordar os problemas das queimadas. Em seu texto, são explicados de forma simples o que são as queimadas controladas, os incêndios florestais, as consequências deles no meio ambiente e o desmatamento em tempos de pandemia. Simultaneamente, a cartilha mostra um caráter propositivo, com orientações e cuidados para evitar que o fogo entre na mata e também para a prevenção contra a Covid-19.

O formulário de inscrição para o evento está disponível aqui. Os interessados em participar do debate precisam apenas fornecer informações básicas como nome completo, email, cpf, telefone e indicar as instituições às quais estão vinculados. Os dados serão coletados para a emissão de certificados depois da live.

Serviço

Live “Queimadas na Amazônia em tempos de Covid-19”

4/09, às 10h30

Pelo canal do Museu Goeldi no YouTube https://www.youtube.com/watch?v=NM6YjalF9zU

Texto: Giullia Moreira.

Revisão/edição: Brenda Taketa

Imagens: Paulo Brando

PUBLICADO EM:    MUSEU GOELDI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.