CNJ presta assistência a indígenas do Amapá e Amazonas

Comunidades recebem ajuda para combater a covid-19

Comunidades indígenas do Vale do Javari, no Amazonas, e da terra indígena Tiryos, no Amapá, estão recebendo assistência para ações de combate à pandemia do novo coronavírus por intermédio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Além de cestas de alimentos, equipamentos de proteção individual (EPIs) e materiais de caça e pesca, no Vale do Javari estão sendo montadas dez enfermarias de campanha para atender casos de covid-19 de leve e média complexidade. Próximo ao município de São Gabriel da Cachoeira, também foram montadas barreiras sanitárias.

Já no Amapá, além da entrega de alimentos, foram definidos procedimentos para que profissionais de saúde tenham acesso às comunidades de forma segura para realizar atendimentos.

O Ministério da Defesa disponibilizou o transporte aéreo para as ações.

A iniciativa ocorre no contexto do Observatório Nacional sobre Questões Ambientais, Econômicas e Sociais de Alta Complexidade e Grande Impacto e Repercussão, que tem como prioridade a prevenção e o combate à pandemia de covid-19, em especial junto a pessoas vulneráveis.

O Observatório Nacional é uma iniciativa do CNJ, em parceira com o Conselho Nacional do Ministério Público, para o aperfeiçoamento da atuação das instituições em ocorrências de grandes proporções.

Dados atualizados nesse sábado pela Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde confirmam 19.573 casos de covid-19 entre indígenas e 338 mortes. 1.007 casos estão em investigação.

Publicado em domingo, 16 Agosto, 2020 – 17:39 Por Maíra Heinen – Brasília – Edição: Ana Pimenta – FONTE: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.