Entidades pedem em carta esforço do governo contra desmatamento na Amazônia

Quatro entidades ligadas ao agronegócio e 38 empresas brasileiras e estrangeiras enviaram uma carta ao presidente do Conselho Nacional da Amazônia e vice-presidente da República, Hamilton Mourão.

No documento, pedem mais esforço contra o desmatamento na região, para preservar também a imagem do Brasil no cenário internacional.

Em junho, fundos de investimento que administram US$4 trilhões, mais de R$20 trilhões de reais, também já haviam assinado um pedido para que o país interrompesse o desmatamento.

Uma das entidades que assina essa nova carta é o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável. A presidente do conselho, Marina Grossi, divulgou depoimento em que pede mais investimento no desenvolvimento sustentável.

A vice-presidência da República confirmou o recebimento da carta. O documento contra o desmatamento da Amazônia foi enviada também para o procurador-geral da República, Augusto Aras, e para os presidentes do Supremo Tribunal Federal, Antonio Dias Toffoli; da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; e do Senado, Davi Alcolumbre.

E o plenário do Senado aprovou por unanimidade, nessa terça-feira (07), um convite para que Mourão preste informações sobre dados de desmatamento na Amazônia. A previsão é que o vice-presidente participe da sessão por videoconferência, na próxima terça-feira (14).

Victor Ribeiro – RADIOAGÊNCIA NACIONAL  –  EBC

 

Ouça Mais

Mourão visita bases da Operação Verde Brasil 2 de combate ao desmatamento e mineração ilegal

Limites da Amazônia Legal são atualizados pelo IBGE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.