Hospital de Campanha de Roraima vai atender refugiados

Entrou em operação nesta sexta-feira (19), em Boa Vista a Ala Cuidados do hospital de campanha construído para atender pessoas refugiadas, migrantes e moradores das comunidades locais vítimas da covid-19. O funcionamento da ala especial marca o Dia Mundial do Refugiado, celebrado neste sábado (20).

Construído com o apoio da Agência das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) e parceiros, o hospital faz parte da chamada Área de Proteção e Cuidados (APC), que é uma das frentes da resposta de saúde dos governos federal, estadual e municipal à pandemia do novo coronavírus e amplia o número de leitos de terapia intensiva disponíveis na região.

Atualmente, de acordo com a Acnur, cerca de 43 mil pessoas refugiadas vivem no Brasil e mais quase 300 mil pessoas já apresentaram solicitação para reconhecimento da condição de refugiado. Muitos estão abrigados pela Operação Acolhida, ação liderada pelo governo federal para lidar com o alto fluxo de imigrantes venezuelanos para o Brasil. Para muitas dessas pessoas, ficar em casa em isolamento social não é uma opção, já que boa parte vive em moradias temporárias e precisa dividir espaço com muitas pessoas.

A Área de Proteção e Cuidados é dividida em duas partes. A primeira, de Proteção, é para isolamento de casos suspeitos e confirmados e tem capacidade para receber até mil pessoas. Ela é composta pelas 250 unidades residenciais doadas pelo Acnur. A área de Cuidados é destinada ao atendimento de casos mais graves (nas unidades de tratamento intensivo), aos que requerem acompanhamento clínico (menos graves) e às internações em enfermaria. No total, 782 leitos estarão disponíveis para a população.

Victor Ribeiro – RADIOAGÊNCIA NACIONAL – EBC

VER MAIS:

Equipes de Hospital de Campanha são impedidas de transferir pacientes do HGR – RORAIMA 1  

Transferência de pacientes gera impasse entre médicos e militares – FOLHA DE BOA VISTA 

Pacientes são transferidos para Hospital de Campanha após confusão entre médicos e general do Exército em Roraima – G1 RORAIMA  

General do Exército é barrado por médicos em hospital de RR ao tentar transferir pacientes infectados com coronavírus – G1 RORAIMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.