FAB transporta cestas básicas para comunidade indígena em Roraima

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nesta segunda-feira (1º), uma missão de Transporte Aéreo Logístico em apoio à Operação COVID-19.

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nesta segunda-feira (1º), uma missão de Transporte Aéreo Logístico em apoio à Operação COVID-19. A aeronave C-98 Caravan, pertencente à Ala 7 – Base Aérea de Boa Vista (RR), transportou 580 kg de cestas básicas. A missão foi coordenada pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) junto ao Centro de Operações Conjuntas (COC) do Ministério da Defesa.

O FAB 2724 decolou da capital de Roraima, às 09h50 (horário de Brasília), e pousou no Aeródromo de Surucucu, município de Alto Alegre (RR), às 11 horas. Os alimentos foram entregues ao 4º Pelotão Especial de Fronteira do Exército Brasileiro, que coordenou a distribuição para uma comunidade indígena Yanomami.

O piloto da aeronave, Capitão Aviador Antonio Erivando Galdino Sousa, explicou que a missão foi complexa pela dificuldade de acesso à região, localizada em área montanhosa da floresta amazônica. “A única forma de apoiar aqueles brasileiros é pelo modal aéreo. Para realizar esse tipo de missão, os pilotos precisam passar por treinamento de pousos em pista crítica. As condições meteorológicas também dificultam e, por isso, deve haver um planejamento bem detalhado”, relatou. “É uma sensação indescritível saber que estamos fazendo parte da engrenagem que integra o território nacional e, ainda, ajudando comunidades em locais remotos”, completou o Capitão.

O Sargento Wallace Ferreira dos Santos, na função de Mecânico de Voo, falou sobre a oportunidade de realizar o primeiro voo para um local inóspito. “Para mim, foi uma experiência excepcional. Isso me mostrou a grandeza e a responsabilidade dessas missões. Senti muito orgulho de ter participado”, declarou.

Operação COVID-19

A Operação COVID-19, coordenada pelo Ministério da Defesa, mobiliza militares por todo o Brasil. Homens e mulheres das Forças Armadas atuam no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus, em apoio à população. As ações envolvem descontaminação de espaços públicos, doações de sangue, transporte de medicamentos e equipamentos de saúde, distribuição de kits de alimentos para pessoas de baixa renda, entre outras.

Na execução dessas atividades, os militares atuam organizados em dez Comandos Conjuntos que cobrem todo o território nacional, bem como no Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Esses Comandos reúnem militares das três Forças (Marinha, Exército e Aeronáutica), que desenvolvem esforços no cumprimento das missões.

Tenente Jonathan Jayme e Tenente-Coronel Denys

PUBLICADO EM:      DEFESANET

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.