Covid-19: comunidades indígenas do Vale do Javari (AM) ganham ala exclusiva

Comunidades do Vale do Javari, segunda maior área indígena do Brasil, que compreende grande parte do município de Atalaia do Norte (AM), passaram a contar com uma ala exclusiva para atendimento de pacientes indígenas com covid-19.

Ala hospital capa
Estrutura conta com 25 leitos para pacientes indígenas, além de três Unidades de Cuidados Intermediários. Foto: Divulgação/Funai

Comunidades do Vale do Javari, segunda maior área indígena do Brasil, que compreende grande parte do município de Atalaia do Norte (AM), passaram a contar com uma ala exclusiva para atendimento de pacientes indígenas com covid-19. O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), e em parceria com os governos locais, inauguraram na quinta-feira (18) 25 leitos exclusivos para indígenas, além de três Unidades de Cuidados Intermediários (UCI) adaptadas no Hospital Municipal de Atalaia do Norte, referência de atendimento na região.

A iniciativa busca qualificar o atendimento de pacientes indígenas com covid-19 no extremo norte do Amazonas. Ao todo, uma população de cerca de 7 mil indígenas será beneficiada. A unidade também contará com o “Espaço Maloca”, que terá dez leitos dos 25 exclusivos para indígenas. O espaço fica localizado nas dependências do hospital, adaptado especialmente para as populações indígenas, com armadores de redes, por exemplo, respeitando os hábitos culturais locais. A estrutura poderá receber, inclusive, a visita de pajés para a realização de rituais de cura.

A ala indígena soma-se a outras já inauguradas em Manaus, Macapá (AP) e em municípios do Pará. A abertura desses espaços garante que mais leitos estarão disponíveis para receber pacientes indígenas que apresentem quadros graves da covid-19, desafogando os hospitais municipais e estaduais envolvidos no combate à pandemia.

Missão

21d1744d-0738-417b-8721-9bb18fffd0b8
Esforço interministerial levou profissionais de saúde e insumos médicos para a região. Foto: Divulgação/Ministério da Defesa

A inauguração da ala indígena faz parte de uma missão interministerial realizada no extremo norte do Amazonas para o enfrentamento à covid-19, com suporte da Fundação Nacional do Índio (Funai). Coordenada pelos ministérios da Saúde e Defesa, a missão levou profissionais de saúde e cerca de 70 mil itens de proteção individual e insumos médicos para reforçar a assistência à saúde no Vale do Javari.

Ao todo, 23 profissionais de saúde do Hospital das Forças Armadas (HFA) reforçaram o atendimento aos indígenas da região junto às Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, que já atendem a população local. Também foram entregues 16 ventiladores pulmonares e testes rápidos para diagnóstico da covid-19 ao Hospital Municipal de Atalaia do Norte e ao Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Vale do Javari.

Assessoria de Comunicação / Funai  –  com informações do Ministério da Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.