Aeronaves da FAB transportam mais de 20 toneladas de insumos para a região norte

Os insumos hospitalares tinham como destino o estado de Roraima e serão utilizados no combate ao novo Coronavírus

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou nesta segunda-feira (29), mais uma missão de Transporte Aéreo Logístico em apoio à Operação COVID-19. Uma aeronave C-130 Hércules, pertencente ao Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1° GT) – Esquadrão Gordo, transportou 11 toneladas de materiais de saúde, de Guarulhos (SP) para Boa Vista (RR).

O FAB 2476 decolou da Base Aérea de São Paulo (BASP) às 13h00 e pousou na Ala 7 – Base Aérea de Boa Vista às 20h00 (horário de Brasília), onde fez o descarregamento dos itens hospitalares. A carga transportada, contendo ataduras, esparadrapos, cateteres, sondas de aspiração traqueal e glicose serão usadas no enfrentamento ao novo Coronavírus.

O Comandante da aeronave, Capitão Aviador Warlley dos Santos Rodrigues, ressaltou o empenho da equipe. “Poder contribuir nesse momento tão difícil para o nosso país é, sem dúvidas, uma das missões mais nobres da minha carreira”, destacou.

O mecânico do C-130, Sargento Wellington Martins da Conceição, enfatizou o sentimento de dever cumprido. “Mais uma missão que me deixa realizado como militar da FAB. Poder levar ajuda àqueles que estão longe e contribuir para que possamos combater essa pandemia é muito gratificante”, relatou.

Apoio contínuo da FAB

 

Com destino a Boa Vista (RR), uma outra aeronave C-130 Hércules, também pertencente ao 1°/1° GT, partiu de Guarulhos (SP) com 11 toneladas de materiais de saúde, na última quinta-feira (25/06).

O FAB 2475 decolou da Base Aérea de São Paulo levando para a Ala 7 – Base Aérea de Boa Vista os itens hospitalares. A carga transportada, contendo medicamentos e outros materiais de saúde, foi entregue ao Hospital de Campanha do estado de Roraima, com o objetivo de auxiliar no enfrentamento ao novo Coronavírus.

O Comandante da aeronave, Major Aviador Rosemberg Gomes da Silva, disse que é uma grande satisfação participar dessa missão. “É também um orgulho poder ajudar o povo brasileiro nesse momento difícil de enfrentamento da pandemia”, declarou.

 

O Sargento Lucas Feitosa Vicentino, que exerce a função de Loadmaster (mestre de cargas) na aeronave, ressaltou que é uma honra para o Esquadrão Gordo fazer parte desse missão. “Para nós não importa o dia ou o horário; o importante é realizar o transporte para que outras pessoas possam receber os materiais de saúde”, frisou.

As missões foram coordenadas pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) junto ao Centro de Operações Conjuntas (COC) do Ministério da Defesa, em apoio ao Ministério da Saúde.

Operação COVID-19

O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas (Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira) no combate à COVID-19. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos que cobrem todo o território nacional, além do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do Governo Federal no enfrentamento à pandemia e recebeu o nome de Operação COVID-19.

Acompanhe a página especial sobre a atuação da FAB na Operação COVID-19.

Confira mais fotos da Operação COVID-19 no Flickr oficial da FAB.

Fotos: Cabo Siqueira/BASP e ALA 7

Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Flávia Rocha

Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Letícia Faria e Tenente Raquel – Revisão: Major Monteiro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.