Dois municípios do Amazonas com comunidades indígenas recebem reforço para combate à Covid-19

As cidades São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga receberam duas toneladas de equipamentos, materiais e insumos, além do reforço de 11 profissionais de saúde, entre médicos, fisioterapeutas, enfermeiros e técnicos em enfermagem que devem atuar na linha de frente do enfrentamento ao coronavírus.

Esse dois municípios do Amazonas possuem grandes populações indígenas o que aumenta a preocupação do Governo Federal. São 28 mil indígenas, de 23 etnias e 733 comunidades numa área de 294 mil km².

A ideia dessa ação é ampliar a capacidade de atendimento dos hospitais dessas localidades. Tanto o Hospital de Guarnição de São Gabriel da Cachoeira quanto o de Tabatinga receberam aspiradores portáteis; desfibriladores; oxímetros e respiradores.

Além disso, foram entregues insumos como frascos de gel 70%; aventais impermeáveis e descartáveis; gorros, propés; máscaras, N95, macacões e óculos para proteção cirúrgica.

Apesar de a contratação de profissionais de saúde e a aquisição de materiais e insumos do setor serem atribuições de estados e municípios, por conta da pandemia, o Governo Federal tem garantido a assistência médica à população das cidades na luta contra a doença por meio do Sistema Único de Saúde.

Com isso, já foram destinados ao estado do Amazonas mais de R$100 milhões para o enfrentamento da COVID-19.

Beatriz Albuquerque

PUBLICADO EM:  RADIOAGÊNCIA NACIONAL    EBC 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.