SESAI e o combate ao coronavírus

SESAI realiza videoconferência para articular ações de combate ao Coronavírus



A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) realizou, na noite de ontem (30/3), uma videoconferência com os 34 Coordenadores dos Distritos Sanitários Especiais de Saúde Indígena (DSEI). O objetivo da reunião foi avaliar as ações desenvolvidas pelos DSEI e apresentar as novas recomendações da SESAI para o controle e combate ao coronavírus.

Entre os temas abordados, o Plano de Contingência foi um dos mais debatidos – nele estão contidas informações como: aquisição e uso apropriado de insumos, equipamentos de Proteção Individual (EPI) e kits de testagem rápida para detecção do COVID19; a necessidade da permanência dos indígenas em suas aldeias; e a importância do acesso das Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena para a prevenção e o controle não só do coronavírus, mas, também, de doenças como diabetes, hipertensão e tuberculose, entre outras.

Durante a reunião, os Coordenadores apresentaram a atuação de seus Distritos e, juntamente com a SESAI, alinharam as novas ações que serão realizadas em parceria com órgãos dos governos federal, estadual e municipal, para o controle da pandemia do COVID19.

Além do secretário da SESAI, Robson Silva, uma equipe de 80 pessoas, composta por técnicos da Secretaria e Coordenadores dos DSEI, participaram da videoconferência.

DSEI Vilhena orienta a comunidade indígena sobre os cuidados para se prevenir contra o coronavirus (COVID-19)

O Distrito Sanitário Especial Indígena de Vilhena, em Rondônia, realizou no último dia 18/03, oficina de orientação para conscientizar as comunidades indígenas sobre a importância da quarentena e os cuidados que devem ser tomados na prevenção contra o novo coronavírus (COVID-19).

A oficina seguiu as recomendações do Ministério da Saúde, que enfatiza a importância dos cuidados com a higienização pessoal como uma medida de extrema importância na proteção contra o COVID-19.

DSEI Tapajós: Prevenção e Combate ao Novo Coronavírus     

O DSEI Tapajós realizou, no dia 22 de março, uma palestra para os indígenas com orientações quanto aos sintomas oriundos da infecção pelo novo coronavírus (COVID-19), a capacidade de alcance do vírus e medidas de precauções independente da presença ou ausência de doença transmissível comprovada.

Em meio a programação, também foi abordado, por meio de linguagem acessível e didática, instruções sobre o que é preciso saber e fazer para garantir a proteção, como por exemplo, lavar as mãos com frequência, utilizando água e sabão, cobrir nariz e boca ao tossir, com lenço ou com o braço, evitar aglomerações, manter ambientes ventilados, limpar superfícies e objetos, não compartilhar objetos de uso pessoal, entre outros.

A palestra foi realizada na aldeia Samauma, Polo Base – Restinga, Jacareacanga/PA e contou com a presença de 40 indígenas.

 

registrado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.