Região do Alto Solimões avança para 72 casos da Covid-19

Na Região do Alto Solimões, de acordo com os boletins epidemiológicos dos Gabinetes Municipais de enfretamento à Covid-19 de cada cidade, as confirmações do novo coronavírus avançam para 72 casos.

Tabatinga confirmou nesta terça-feira 21 casos, dos quais oito internados, um óbito e uma cura clínica. Além de outros 46 casos em investigação.

Em Benjamin Constant, são 13 casos, cinco estão curados e mais 25 estão em investigação. São Paulo de Olivença tem 10 casos confirmados, sendo que sete já apresentaram cura clínica e outros 42 casos estão em investigação.

Em Santo Antônio do Içá, 15 casos foram confirmados hoje, sendo que 10 estão curados, e outros 64 aguardam resultado de exames. Já Tonantins tem 13 casos confirmados, desses, três já estão recuperados e mais 65 estão em investigação.

Seis casos foram confirmados ontem pelo Ministério da Saúde, na Colômbia, na cidade de Letícia, que faz fronteira com Tabatinga.

Mais 66 casos aguardam resultados de exames do laboratório em Bogotá. Já a ilha de Santa Rosa, no Peru, onde vivem aproximadamente 3 mil habitantes, o governo municipal confirmou os dois primeiros casos da Covid-19 nesta terça-feira (21).

Com as confirmações, as três cidades de fronteira; Tabatinga, Letícia e Santa Rosa, reforçam as medidas de isolamento e segurança nos limites fronteiriços.

Dados do Ministério da Saúde confirmam 43.079 casos da Covid-19 no Brasil, com 2.741 mortes e 22.991 pacientes recuperados. Uma taxa de recuperação de 56,7%.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) confirmou nesta terça-feira, 2.270 casos de covid-19 no estado. Do total, 181 são de pacientes internados, 193 mortes, e 726 pacientes recuperados.

O Amazonas ocupa o 5º lugar dos estados com o maior número de casos no Brasil, o primeiro da região Norte. O Pará está em segundo lugar, com 1.026 casos e 38 óbitos.

FONTE: EBC – RÁDIO NACIONAL – Alô Fronteira – No AR em 22/04/2020 – 21:41

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.