Plataforma online divulga avanço do coronavírus em terras indígenas e entornos

Está no ar uma plataforma que monitora e divulga o avanço do novo coronavírus em terras indígenas e municípios próximos a essas áreas. A ONG Instituto Socioambiental lançou nessa sexta-feira a página “Covid-19 e os Povos Indígenas”.

O site covid19.socioambiental.org indica casos confirmados e mortes causadas pela doença em todo o Brasil, com destaque para os casos específicos nos povos indígenas.

Também indica onde essas populações podem procurar assistência em saúde, como a cobertura geográfica dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas, polos base e a disponibilidade de leitos e respiradores em todos os municípios brasileiros. As informações estão dispostas em um mapa. Basta clicar na cidade para abrir o detalhamento.

O coordenador do Programa de Monitoramento do ISA, Antônio Oviedo, explica que variáveis geográficas, por exemplo, podem interferem no nível de risco de uma determinada comunidade indígena frente à expansão dessa epidemia.

“A proximidade das comunidades a centros urbanos facilita, em menor ou maior grau, a mobilidade dessas pessoas, indo para as cidades e aumentando o risco de contágio”.

De acordo com o ISA, o site pretende ainda apoiar a tomada de decisão dos órgãos públicos encarregados das ações emergenciais e informar a sociedade brasileira sobre os riscos específicos enfrentados pelos povos da floresta com a pandemia do coronavírus.

Antônio Oviedo, coordenador do programa, destaca que as políticas públicas são importantes para garantir a saúde e segurança alimentar e territorial dos povos indígenas.

“A Secretaria Especial De Saúde Indígena tem recomendado que as comunidades fiquem em suas casas para evitar o contato e circulação nas cidades. Entretanto, muitas comunidades necessitam de alimento, insumos, medicamentos. Então é muito importante que o Estado brasileiro garanta esses insumos e os alimentos necessários para que eles fiquem em seus territórios, em suas casas”.

A página covid19.socioambiental.org traz uma ainda uma linha do tempo com o histórico de epidemias que atingiram as populações indígenas do Brasil, desde 1500.

Renata Martins

FONTE: EBC – RADIOAGÊNCIA NACIONAL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.