PF apura suposto loteamento irregular de terras indígenas

A Polícia Federal, no domingo (19/4), após receber denúncia sobre invasão da terra indígena URU-EU-WAU-WAU, mobilizou uma equipe de policiais ao interior da referida área de proteção para atendimento da ocorrência.

Ji-Paraná/RO -  – Foto: Polícia Federal

A ação foi realizada no sentido de apurar a denúncia de que dois nacionais não índios, portando arma de fogo e flagrados pelos indígenas em suposta ação de demarcação de loteamentos no interior da terra indígena, haviam sido detidos na localidade de Tarilândia, distrito do município de Jarú/RO.

A Polícia Federal constatou a veracidade da informação e deu voz de prisão em flagrante aos dois indivíduos que portavam duas armas de fogo longas, com numeração raspadas e municiadas. Os índios detiveram os envolvidos até a chegada da polícia, fornecendo alimentação e água, sendo os mesmos entregues à PF sem lesões aparentes.

Na sequência, os investigados foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná/RO, onde foram realizados os procedimentos de praxe. Em seguida, foram encaminhados ao presídio público da comarca de Jaru/RO. Lá permanecerão à disposição da Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal em Ji-Paraná/RO

Contato: (69) 3216-6242 / 6270
E-mail: cs.srro@dpf.gov.br 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.