Desmatamento da Amazônia será maior neste ano, alerta líder agro

“A grilagem está correndo frouxa”, afirma Marcello Brito, presidente da Associação Brasileira do Agronegócio.

Na imagem no alto, composição de imagens de satélite do projeto Prodes, que mostra em verde as áreas preservadas de floresta; em vermelho, áreas de cerrados e cerradões; e, em amarelo, as áreas originais de floresta desmatadas. Imagem: Prodes/Inpe/Divulgação. Direto da Ciência

Não será surpresa a notícia, a ser divulgada no final deste ano, de que o desmatamento da Amazônia no período 2019-2020 será maior que em 2018-2019.

De agosto a novembro de 2019, assim como em janeiro e fevereiro últimos, os alertas registrados pelo sistema Deter, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), já indicavam aumento em relação aos mesmos períodos um ao antes, como mostra o gráfico a seguir.

Leia na íntegra: Direto da Ciência   

PUBLICADO EM: JORNAL DA CIÊNCIA  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.