Suspensão de atividades do CTI nas aldeias devido a pandemia de coronavírus (Covid-19)

Diante da declaração de pandemia da doença do novo coronavírus (Covid-19) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e do crescente número de casos de infecção no Brasil nos últimos dias, o Centro de Trabalho Indigenista decidiu suspender todas as atividades com a presença de nossa equipe nas aldeias dos diferentes povos indígenas com os quais trabalhamos em parceria. Seguiremos trabalhando em atividades que não impliquem em riscos para os povos indígenas e para nossas equipes.

A decisão segue as orientações de especialistas em infectologia a respeito da restrição de circulação como forma de retardar a propagação do coronavírus, de forma que nosso sistema de saúde consiga absorver os casos de infecção que ainda virão.

Com tal medida visamos preservar as comunidades indígenas, já que, por hora, o novo coronavírus tem se restringido às cidades. Reforçamos a importância de que lideranças indígenas também restrinjam sua circulação nas cidades próximas das aldeias, evitando sempre que possível.

Nesse mesmo sentido, sugerimos a todas as organizações indígenas parceiras do CTI o adiamento de suas atividades, em especial as que implicam em aglomerações, tais como assembleias, reuniões e mutirões.

Esperamos com essas medidas contribuir para controlar a propagação do Covid-19 e, assim, colaborar para garantir as condições para que nosso sistema de saúde dê conta de tratar de todos os casos que necessitem de cuidados especiais.

A pandemia do novo coronavírus  que atinge diferentes países nos mostra a importância de tratar das questões de saúde da população no âmbito público, como um direito universal. Assim, reforçamos que o Sistema Único de Saúde (SUS) é um patrimônio de nossa sociedade e como tal deve ser tratado e fortalecido.

Ficaremos atentos aos comunicados dos órgãos de saúde do país para periodicamente reavaliar a situação. Também voltaremos esforços para garantir que chegue até as comunidades indígenas informações qualificadas a respeito do Covid-19, bem como transmitir informações para o conjunto da sociedade brasileira caso as comunidades indígenas sejam afetadas.

Centro de Trabalho Indigenista, 16 de março de 2020.

FONTE: CTI

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.