Combate a incêndios florestais – seleção de brigadistas.

Todos os anos o ICMBio divulga amplamente seus processos de seleção para a formação das Brigadas de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais nas Unidades de Conservação Federais. Os futuros brigadistas deverão ter suas fichas cadastrais aprovadas para, somente então, ingressar no curso de formação, que terá aspectos teóricos e práticos como pontos fundamentais da avaliação final.

O processo seletivo será realizado em duas etapas básicas:

A primeira etapa eliminatória e classificatória para o numero de vaga consiste em dois testes, TAF e THUFA.

O TAF (Teste de Aptidão Física), é uma caminhada com bomba costal, com o objetivo de avaliar a resistência muscular, resistência aeróbica e capacidade cardiorrespiratória dos candidatos. A distância percorrida deve ser de 2.400 (dois mil e quatrocentos) metros transportando uma bomba costal cheia d´água, pesando aproximadamente 20 (vinte) quilos. O avaliador cronometrará o teste e anotará o tempo de chegada de cada candidato. O tempo máximo é de 30 (trinta) minutos de caminhada.

Já o THUFA (Teste de Habilidade e Uso de Ferramentas Agrícolas), é o Teste da Enxada, com o objetivo de avaliar a resistência muscular e habilidade no manuseio de ferramentas agrícolas. O candidato deverá capinar e rastelar uma área de 03 (três) por 05 (cinco) metros, até solo mineral, em um máximo de 20 (vinte) minutos. Serão avaliados a qualidade da capina e a obediência aos critérios de lançamento do material apresentados pelos avaliadores.

Esses testes têm caráter eliminatório e classificatório.

A segunda etapa ocorrerá em um curso teórico-prático de 40 horas com presença integral e nota mínima de 6 pontos.

FONTE: ICMBIO  –

EDITAIS DISPONÍVEIS EM: 

http://www.icmbio.gov.br/portal/sejaumbrigadista  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.