Bolívia: indígenas pedem à presidente para serem ouvidos sobre o Planejamento do Uso da Terra

“Se o Planejamento for efetuado, o impacto será em toda a região e ameaçará os meios de subsistência não somente dos povos e nações indígenas, mas de todos”, escreve a comunidade indígena Mojeňo.

Os indígenas bolivianos pedem para que os seus pedidos sejam levados em consideração – VATICAN NEWS

Os indígenas Mojeňo do Estado amazônico de Beni, na Bolívia, escreveram uma carta à presidente interina do país, Jeanine Aňez, sobre o novo Planejamento do Uso da Terra aprovado em 27 de novembro passado, pedindo para que sejam ouvidos os seus pedidos que não foram levados em consideração.

A carta afirma que o conteúdo do novo Planejamento não é  acessível ou mesmo compreensível pelas populações indígenas e que, além disso, favorece claramente o setor agroindustrial, sobretudo o da monocultura da soja, causando a evacuação de grandes extensões de terras agrícolas.

“Se o Planejamento for efetuado, o impacto será em toda a região e ameaçará os meios de subsistência não somente dos povos e nações indígenas, mas de todos”, escreve a comunidade indígena.

Cidade do Vaticano

FONTE: VATICAN NEWS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.