Pelo segundo ano consecutivo, café especial produzido por indígena de Rondônia é destaque em evento internacional

Wilson Nakodah Suruí e sua esposa, Maria Suruí, concedem entrevista durante o evento na capital mineira (foto: Renata Silva / Embrapa-RO)

O café especial produzido na Aldeia Kabaney ganhou destaque na Semana Internacional do Café, em Belo Horizonte. Wilson Nakodah Suruí conquistou o 5° lugar no concurso Coffee of the Year, categoria café canéfora. Cinco cafeicultores indígenas do povo Paiter Suruí participaram da edição deste ano.

Realizado entre os dias 20 e 22, o concurso define os melhores cafés especiais com avaliações do voto popular e de profissionais do setor. Durante o evento, a Funai acompanhou os indígenas por meio da Coordenação Regional de Cacoal-RO. Ricardo Prado, coordenador regional, avalia a participação dos indígenas e da própria Fundação neste evento.

“Foi durante a Semana Internacional do Café no ano passado que os indígenas começaram as tratativas com a empresa 3 Corações e hoje temos um dos melhores projetos de etnodesenvolvimento em Terras Indígenas”, recorda.

Em 2019 a produção de café especial pelo Povo Paiter Suruí alcançou a marca de 1260 sacas. Para ampliar a gama de produtos indígenas comercializados, Prado salienta que a Funai tem buscado “mais parcerias para outros produtos como castanha que muito sustentável e econômica para os povos indígenas.

A participação neste evento aqui abre espaço para ampliar o comércio dos produtos que são produzidos nas Terras Indígenas”, relata Prado.

Assessoria de Comunicação Social / Funai
com informações da Coordenação Regional Cacoal-RO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.