Garimpeiros e familiares fazem protesto e bloqueiam parcialmente BR-174; ‘legalização do garimpo’

Grupo se concentrou na manhã desta quarta-feira (9), no Parque Germano Sampaio, zona Oeste.

Familiares e garimpeiros se reuniram para pedir a legalização do garimpo – Edinaldo Morais/Roraima em Tempo


Mais de 300 pessoas, entre garimpeiros e familiares, realizam um protesto reivindicando o andamento do projeto que legaliza a atividade de garimpo. O grupo se concentrou desde as primeiras horas da manhã de hoje (9), no Parque Augusto Germano Sampaio e seguiu em carreata até o Anel Viário, sentido Sul de Roraima, para bloquear parcialmente a BR-174.

De acordo com informações apuradas pelo Roraima em Tempo, os manifestantes solicitam uma reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e com a bancada federal para saber como anda o projeto que legaliza o garimpo e, principalmente, querem a garantia de poder garimpar nas terras durante a tramitação do projeto.

O grupo informou que o protesto é pacífico e conta com apoio das equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito (SMTRAN). Os garimpeiros e familiares afirmaram que vão montar acampamento por dois dias na BR-174.

PROJETO

O Governo Federal, por meio do O Ministério de Minas e Energia, já sinalizou desburocratizar o regime de outorga de lavra garimpeira e assim possibilitar a regularização de garimpos clandestinos pelo país.

A lavra de mineração, atualmente, precisa da autorização da União para ser concedida e da licença ambiental do poder estadual para funcionar, por isso, a ideia do Governo é de simplificar esses trâmites. Além disso, a gestão Bolsonaro busca regularizar a mineração em terras indígenas.

Foto: Roraima em Tempo

LEIA MAIS 

Imagens mostram avanço de garimpo ilegal em Terra Indígena de Roraima em 2019

Operação conjunta desmantela focos de garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami

Governo vai começar a regularizar mineração em terras indígenas, diz ministro da Casa Civil

Funai vai reabrir bases de proteção em Terra Indígena Yanomami para conter garimpo ilegal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.