ICMBio combate invasão no Parque de Pacaás Novos

Presidente e Diretor do ICMBio acompanham os resultados da operação na unidade de conservação em Rondônia.

A operação terminou hoje (21) e contou com o apoio da Polícia Militar de Rondônia e fiscais do ICMBio. (Foto:Acervo/ICMBio)

O presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Homero Cerqueira, juntamente com o Diretor de Planejamento, Administração e Logística , Fernando Lorencini, estão no Parque Nacional de Pacaás Novos em Rondônia e acompanharam hoje (21) o resultado das ações de combate à invasão de terra dentro da unidade de conservação, que aconteceu de 17 a 20 deste mês. A operação terminou hoje (21) e Homero agradeceu o forte apoio da Polícia Militar de Rondônia, que ajudou com 28 policiais militares junto com três fiscais do ICMBio.

O ICMBio e a Polícia identificaram desmatamentos e queimadas por invasores. Na ação, apreenderam armas e munições, que foram entregues a Polícia Federal. Nenhum invasor foi autuado, mas a vigilância permanecerá, para evitar novos danos ambientais à área protegida.

O Parque Nacional de Pacaás Novos é uma unidade de conservação federal localizada na região central de Rondônia, local quase 100% sobreposto com a Terra Indígena Uru Eu Wau Wau. Desde 2015, sofre com invasões e ocupação de grandes áreas da unidade, realizando marcação de lotes, extração ilegal de madeiras e desmatamento.

A unidade foi criada em setembro de 1979, e abriga importante patrimônio cultural indígena. O nome do Parque tem origem aos seringueiros que encontravam muitas pacas na beira do igarapé. A mata do parque é praticamente virgem e protege espécies vegetais raras na Amazônia.

Confira, no vídeo, a declaração do presidente e do chefe da unidade, João Alberto Ribeiro.

Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.