UCs ganham carros e equipamentos contra incêndios florestais

Iniciativa busca estruturar as unidades de conservação federais para enfrentar a temporada de fogo, que todos os anos começa entre julho e agosto.

Além das UCs, os carros e equipamentos serão destinados a centros de pesquisa e coordenações regionais do ICMBio – Crédito: Gabriel Schulz/ICMBio

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão do Ministério do Meio Ambiente (MMA), iniciou a entrega de 150 caminhonetes e equipamentos que serão usados no combate a incêndios florestais nas unidades de conservação (UCs) federais.

Os carros e equipamentos foram adquiridos com recursos orçamentários e de compensação ambiental. Eles reforçarão a estrutura das UCs para enfrentar a temporada de fogo, que todos os anos começa entre julho e agosto na maior parte do país.

Os equipamentos – motobombas Mark 3, mini-strike, flutuantes, mangueiras, bombas costais, abafadores, roçadeiras, motosserras, turbossopros e queimadores (pinga-fogo) – vão para as 23 unidades que detém, historicamente, os maiores índices de incêndio.

As motobombas Mark 3 são as mais potentes do mercado, sendo ainda portáteis e de fácil uso. Já as motobombas flutuantes podem ser usadas em corpos d’águas a partir de 30 cm de profundidade, perfeitas para uso em veredas, lagoas e rios.

Outra novidade são os turbossopros. É a primeira vez que os equipamentos são adquiridos pelo ICMBio com recursos orçamentários. Os equipamentos são utilizados para aprimorar o combate aos incêndios, maximizando o desempenho dos brigadistas.

Os novos queimadores também devem trazer mais praticidade às brigadas. Mais leves e ergonômicos, podem ser transportados mais facilmente pelos brigadistas durante as ações de combate ao fogo.

Além de contemplar as UCs, as 150 caminhonetes Mitsubishi L200 Triton, com motor a diesel e identificadas com a marca e cores do ICMBio, serão destinadas aos centros de pesquisa e coordenações regionais, localizados em São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Alagoas, Paraná, Pernambuco, Mato Grosso, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Pará, Paraíba, Goiás, Rondônia e Santa Catarina.

Ascom MMA – (61) 2028-1227 – com informações do ICMBio

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.