Terra Yanomami em Roraima recebe médicos do DF pelo Mais Médicos

Segundo o Ministério da Saúde, das mais de 8.500 vagas disponíveis no programa, cerca de 7 mil já foram preenchidas por médicos com registro no Brasil.

Quatro médicos brasilienses, recém-formados, deixaram o Cerrado e foram para o meio da Floresta Amazônica para trabalhar no Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami/Ye’Kuana, em Roraima, a mais de dois mil quilômetros da capital federal.

Os profissionais Bruno Bessa Macedo, de 30 anos, Ananda Santos Conde, 31 anos, Ana Verônica de Sá Resende, de 27 anos, e Yure Zago Santana se inscreveram no Programa Mais Médicos e são os primeiros brasileiros a atuar na região.

Ananda Conde conta como é o atendimento onde ela trabalha.

Para Bruno Bessa, as diferenças culturais e as barreiras linguísticas são um desafio.

De acordo com último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, das mais de 8.500 vagas disponíveis no programa, cerca de 7 mil já foram preenchidas por médicos com registro no Brasil.

Ouça o Repórter Nacional – Amazônia desta segunda-feira (21), às 7h55:

FONTE: EBC – Repórter Nacional – Amazônia

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.