Reserva Extrativista do Lago do Cuniã é ampliada

Proteção contribui para sustentabilidade das atividades pesqueiras e extrativistas – RESEX LAGO CUNIÃ RO

Unidade de conservação localizada em Porto Velho (RO) passa a ter 74,6 mil hectares. Região abriga uma das maiores concentrações de fauna da Amazônia.

O Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (26) trouxe o Decreto nº 9.638, que amplia a Reserva Extrativista (Resex) do Lago do Cuniã, localizada no Município de Porto Velho (RO). A unidade de conservação (UC) passou de 50.604,27 para 74.659 hectares.

Entre os objetivos da Resex Cuniã, criada em 1999, está a proteção dos recursos naturais necessários à subsistência de populações tradicionais extrativistas da região, com respeito e valorização de seu conhecimento e de sua cultura para promovê-las social e economicamente.

Além disso, a UC tem também como função conservar os bens e os serviços ambientais costeiros prestados pelos manguezais e recursos hídricos associados e contribuir para a recuperação dos recursos biológicos, para a sustentabilidade das atividades pesqueiras e extrativistas de subsistência e de pequena escala e para o fomento ao ecoturismo de base comunitária.

O Lago do Cuniã, localizado na Resex, conta com uma das maiores concentrações de fauna de toda a Região Amazônica, com variadas espécies de aves e peixes. Além disso, na UC há uma predominância de Jacaré-açu uma espécie de jacaré exclusiva da América do Sul. Também conhecido como “jacaré-negro”, um predador de topo de cadeia alimentar.

Por: Ascom ICMBio

FOTO: Crédito: Divulgação/ICMBio

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)

(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.