MT: Alemanha e Reino Unido repassam recursos por redução nas emissões de CO2

Segundo o governo do Mato Grosso, o valor recebido será investido prioritariamente na modernização da política de combate e controle ao desmatamento.

O estado de Mato Grosso recebeu dos governos da Alemanha e do Reino Unido um total de US$ 15,9 milhões, o equivalente a R$ 60 milhões. O valor é referente à primeira parcela de um projeto internacional que premia jurisdições pioneiras na redução da emissão de carbono por desmatamento e degradação ambiental.

Em cinco anos, Mato Grosso deve receber R$ 180 milhões. Quarenta por cento será destinado ao fortalecimento institucional do governo e 60% será distribuído entre projetos de produção sustentável, povos indígenas e agricultura familiar.

Os recursos foram depositados na conta do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), que será responsável pela administração do dinheiro a ser aplicado em ações de combate ao desmatamento e valorização da floresta em pé.

Segundo o governo de Mato Grosso, o estado retirou do mercado de crédito de carbono cerca de 6,3 milhões toneladas de CO2.

Para receber a primeira parcela, Mato Grosso precisou publicar e validar dados do desmatamento, elaborar manual de procedimentos e operação, criar plano de investimentos, além da confirmação do Ministério do Meio Ambiente da disponibilidade de redução nas emissões de gás carbônico.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente do estado, o valor recebido será investido prioritariamente na modernização da política de combate e controle ao desmatamento; na criação de sistemas de controle por geoinformação; e na integração de informações entre os setores da fiscalização.

Ouça o Repórter Nacional – Amazônia:

FONTE: EBC – Repórter Nacional – Amazônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.