Eventos aquecem preparação para o Sínodo Amazônico

O Cardeal Lorenzo Baldisseri, Secretário-geral do Sínodo dos Bispos, está em Manaus para reunião com o Conselho pré-sinodal, a Rede Eclesial Pan-Amazônica/REPAM e bispos da região.
Vários outros eventos estão programados em vista do Sínodo de outubro 2019.

A capital amazonense, Manaus, recebe quarta e quinta-feira (14 e 15/11) o Cardeal Lorenzo Baldisseri, Secretário-geral do Sínodo dos Bispos, em reunião com o Conselho pré-sinodal, a Rede Eclesial Pan-Amazônica/REPAM e bispos da região para avaliar o processo de preparação do Sínodo Amazônico, convocado pelo Papa Francisco para outubro de 2019.

Participarão do encontro, além de bispos de Brasil, Peru, Equador, Bolívia, Colômbia, Argentina e Guiana, o arcebispo de Huancayo, no Peru, e vice-presidente da REPAM, Cardeal Pedro Barreto; a Secretária executiva da REPAM-Brasil, Irmã Maria Irene Lopes dos Santos, o Secretário executivo, Maurício Lopez, assessores da Rede e representantes de agências internacionais de desenvolvimento. A Presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil/CRB, Irmã Maria Inês Ribeiro, também estará presente.

O encontro foi convocado pelo Cardeal Baldisseri para ouvir os bispos da região amazônica, avaliar e planejar os próximos passos até o Sínodo, cujo tema será “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Amazônia brasileira representa 2/3 de nosso território

A delegação do Brasil será a maior entre os participantes, com nove bispos, duas religiosas, duas leigas e três padres entre brasileiros e estrangeiros que atuam no país:

Dom Sérgio Castriani, arcebispo de Manaus; Dom Antônio Ribeiro, bispo auxiliar de Belém/PA; Dom Edson Damian, bispo de São Gabriel da Cachoeira/AM; Dom José Belisário da Silva, arcebispo de São Luís do Maranhão; Dom Neri José Tondello, bispo de Juína/MT; Dom Philip Dickmans, bispo de Miracema/TO; Dom Roque Paloschi, arcebispo de Porto Velho/RO; Dom Valdeci Santos Mendes, bispo de Brejo/MA; e Dom Erwin Krautler, bispo emérito do Xingu e vice-presidente da REPAM-Brasil.

Dina Guerra, Márcia Maria de Oliveira (REPAM), Padre Raimundo Possidônio (Belém/PA), Padre Justino Sarmento (Manaus/AM) e Padre Paulo Suess (São Paulo/SP) completam a lista.

Eventos estão sendo realizados em toda a Amazônia

A preparação para o Sínodo Especial para a Amazônia, marcado para outubro do próximo ano, tem sido oportunidade de encontros e de fortalecimento do trabalho da Rede Eclesial Pan-Amazônica/REPAM-Brasil. As dioceses amazônicas, suas lideranças e povos que nelas residem estão fortalecendo a união em torno de pautas comuns na defesa da vida e da criação, oportunidade também para maior articulação no trabalho da REPAM.

Em novembro já houve vários eventos. Em Cametá/PA, nos dias 9 e 10, foi promovida a Roda de Conversas Saberes e Sabores Amazônicos, na qual foi possível fechar uma série de reflexões conjunturais sobre a região e aspectos históricos que marcaram a vida dos povos.

Em Porto Velho/RO, vários agentes de Pastoral se reuniram para a sistematização da escuta realizada na arquidiocese. O encontro foi no sábado, 10.

No mesmo dia, na Diocese de Rio Branco/AC, o Conselho Diocesano de Pastoral fez reflexões sobre o Sínodo e os participantes responderam às questões propostas no documento preparatório. O encontro teve a participação do bispo local, Dom Joaquín Pertiñez Fernández.

Na zona norte da capital do Amapá, as Comunidades Eclesiais de Base/CEBs reuniram-se domingo, dia 11, em preparação para o Sínodo e também para um Encontrão das CEBs.

Envie sua atividade em preparação para o Sínodo para repamcomunica@gmail.com

 

Cristiane Murray – Cidade do Vaticano

FONTE: Vatican News

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.