Posicionamento do MMA sobre ataques contra Ibama e ICMBio

Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, manifesta apreensão em relação aos casos registrados durante operações de combate ao desmatamento na Amazônia. Carros do Ibama foram incendiados e servidores do ICMBio sofreram ameaças.

Posicionamento do MMA sobre ataques contra Ibama e ICMBio

O Ministério do Meio Ambiente manifesta forte apreensão diante dos recentes ataques perpetrados contra agentes de fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), durante operações de combate ao desmatamento na Amazônia neste final de semana.  

Ataques como esses representam um atentado contra a nação, contra as instituições públicas e contra servidores que doam as suas vidas e se dedicam a preservar o meio ambiente e a respeitar a legislação brasileira.   

As pessoas que agem na legalidade não têm por que temer a ação da fiscalização. Por isso, o MMA credita esses atentados àqueles que querem se perpetuar na ilegalidade, afrontando os órgãos ambientais.  

Continuaremos trabalhando duro para combater todo e qualquer ato ilícito, para fazer valer a legislação ambiental e para defender aquilo que é de interesse do povo brasileiro, que é o nosso rico patrimônio natural.  

Por fim, informamos que já entramos em contato com o Ministério da Segurança Pública da Presidência da República, para relatar os fatos, expressar nossa preocupação com o recrudescimento dessas ameaças e solicitar providências urgentes para identificação e punição dos autores.

Edson Duarte
Ministro do Meio Ambiente

ENTENDA O CASO

O atentado contra o Ibama ocorreu às 22h do sábado (20), na cidade de Buritis (RO), a 338 km de Porto Velho. Usando um galão de gasolina, um homem ateou fogo em três das 10 viaturas do órgão estacionadas em frente a um hotel. O fogo foi controlado por policiais, evitando que se espalhasse às demais viaturas. Um suspeito do ataque foi preso e autuado por dano ao patrimônio público.

No caso do ICMBio, o incidente ocorreu na sexta-feira (19) à tarde, no município de Trairão (PA), situado na BR-163 e a 1.395 km a sudoeste de Belém. De acordo com o relato oficial, uma equipe estava na Floresta Nacional (Flona) Itaituba 2 para uma ação de combate ao desmatamento. Enquanto isso, foi queimada uma pequena ponte na única estrada de acesso. Quando a equipe chegou ao local, um grupo de moradores se concentrou numa segunda ponte próxima. Agentes do ICMBio relataram ter ouvido tiros.

Veja os detalhes:
Criminosos são detidos após ataque a equipe do Ibama em Buritis (RO)    

ICMBio sofre atentado durante ação de fiscalização na BR163

 Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.