Pesquisa traça panorama dos muiraquitãs, amuletos ancestrais símbolo da Amazônia

O Tarde Nacional desta terça-feira (09) falou sobre o estudo que traçou um panorama dos muiraquitãs, amuletos ancestrais símbolo da Amazônia. O entrevistado foi o pesquisador e arqueólogo do Instituto Mamirauá, Anderson Márcio Amaral Lima.

Ele explicou que os muiraquitãs são objetos confeccionados em pedra verde, pode ter outras colorações, e que geralmente tem forma de rã ou sapo. Eles são símbolos de sorte, proteção, fertilidade e eram usados na Amazônia Antiga para realizar alianças, casamentos, trocas, etc. Muito anteriores à época da colonização, os artefatos permanecem vivos na cultura local.

De acordo com o arqueólogo, a pesquisa buscou entender mais a fundo a relevância desses objetos, como eles eram manufaturados, como se dava a aquisição da matéria-prima e a circulação desses artefatos. O estudo conseguiu ainda reproduzir, com os materiais encontrados na região, o processo de fabricação dos muiraquitãs.

A pesquisa foi selecionada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como o melhor estudo acadêmico sobre o patrimônio arqueológico brasileiro de 2018.

Ficou curioso para saber um pouco mais? Então clique no player e confira a entrevista na íntegra!     

O Tarde Nacional – Amazônia vai ao ar de segunda a sexta-feira, de 14h às 16h, pela Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya. 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.