Venezuela ampliará fornecimento de energia a Roraima

O governo de Roraima afirmou que o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, se comprometeu em melhorar a rede de energia que abastece o estado.

Linhas de transmissão de energia; energia elétrica

Energia: Maduro se comprometeu em determinar a imediata manutenção do Linhão de Guri em território venezuelano, disse o governo (Steve Hockstein/Bloomberg)

A Venezuela não só vai manter, como ampliará o fornecimento de energia elétrica para Roraima. A informação foi divulgada pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, durante reunião com a governadora de Roraima, Suely Campos. O encontro ocorreu nesta quinta-feira (20), no Palácio Miraflores, em Caracas. Nele, Maduro manifestou também a intenção de implementar um plano de repatriação de venezuelanos que queiram retornar ao país.

Segundo a assessoria da governadora, Maduro se comprometeu em determinar “a imediata manutenção do Linhão de Guri em território venezuelano”. A afirmação foi feita em meio a notícias veiculadas pela imprensa de que o governo da Venezuela teria feito uma ameaça de corte no fornecimento de energia enviada a Roraima.

“O presidente [Maduro] garantiu que vai começar imediatamente a manutenção da rede elétrica para melhorar a qualidade da energia para nós e que vai prorrogar o contrato até que nós tenhamos a construção do Linhão de Tucuruí. Então, com isso, se nós chegarmos a aumentar a quantidade de megawatts, teremos a segurança energética que precisamos para atrair novos investimentos, novos empresários do setor produtivo, para seguir crescendo”, disse por meio de nota a governadora.

A situação em Roraima tem ficado complicada também devido ao impacto causado pela entrada de um grande número de venezuelanos no Brasil, principalmente nos serviços públicos de saúde e segurança do estado. De acordo com o governo local, 800 venezuelanos atravessam a fronteira diariamente, em busca de melhores condições de vida no Brasil.

Segundo Suely, o governo de Roraima garantirá transporte a todo venezuelano que queira retornar a seu país. A ajuda deverá ter início na próxima semana, atendendo 100 imigrantes que teriam se cadastrado junto ao consulado daquele país com o intuito de fazer a viagem de volta.

Por Agência Brasil

FONTE: REVISTA EXAME

VER MAIS EM: https://exame.abril.com.br/brasil/venezuela-ampliara-fornecimento-de-energia-a-roraima/

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.