Após acordo, famílias atingidas por Belo Monte desbloqueiam a Transamazônica

Manifestantes também deixaram o escritório do Ibama em Altamira, que estava ocupado há mais de 20 dias.

Após mais de 20 dias de protestos, famílias atingidas pelas obras da Hidrelétrica de Belo Monte desocuparam, nesta terça-feira (31), o escritório do Ibama em Altamira, no Pará. Os moradores do bairro Jardim Independente I também liberaram o trecho da rodovia Transamazônica, próximo ao acesso à hidrelétrica, bloqueado nessa segunda (30).

De acordo com o Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB), a desmobilização ocorreu após negociação entre o Movimento, Ibama, Norte Energia, Governo Federal e Defensoria Pública da União.

Segundo os atingidos, o motivo dos protestos é a situação degradante de quase mil famílias que moram em palafitas se encontram; há casas em que a interligação à rede de esgoto não é viável.

Também são destaques do Repórter Amazônia desta terça-feira (31):

-Campanha de vacinação lançada hoje quer imunizar 11 milhões de crianças contra o sarampo e a polio

-Justiça de Roraima faz mutirão para regularizar documentação de imigrantes

-No Tocantins, lei estabelece multa para quem passar trotes aos serviços de emergência

FONTE: EBC – Repórter Amazônia

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.