Operação Assacaio é desencadeada de modo interagência em áreas indígenas, para coibir ilícitos

No dia 12 de junho de 2018, o Comando de Fronteira Solimões e 8º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron Solimões/8º BIS), “Batalhão Forte São Francisco”, realizou a Operação Assacaio, como parte da Operação Ágata, nível II, Curaretinga.

O Batalhão atuou, no modal interagências, na região da Comunidade Indígena Belém do Solimões e nas localidades no entorno do Igarapé Takana e Igarapé Assacaio, buscando a interoperabilidade com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e a Polícia Militar do Estado do Amazonas. 

Com a finalidade de coibir ilícitos em Terras Indígenas, a operação contou com um Destacamento de Operação na Selva da organização militar, dois fiscais da FUNAI e três militares do 8º Batalhão de Policia Militar. É o Braço Forte do Exército Brasileiro atuando nos rincões mais distantes da Amazônia Ocidental.

Na operação, foram apreendidas armamentos, como uma pistola calibre .380 e uma .40, além de uma embarcação tipo canoão e um motor tipo rabeta.

Fotos: Cmdo Fron Solimões/8º BIS – EB

FONTE: DefesaNet

http://www.defesanet.com.br/fronteiras/noticia/29868/Balanco-de-fim-do-1–semestre-mostrou-que-acoes-na-fronteira–em-Rondonia–contribuiram-com-seguranca-do-Pais/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*