Parque Nacional da Amazônia completa 44 anos

O Parque Nacional da Amazônia comemorou 44 anos no dia 19 de fevereiro de 2018, realizando sua I Exposição e Concurso Fotográfico. As fotos para exposição foram cedidas por visitantes da unidade de conservação, tendo sido expostas no Barracão de Eventos Culturais, localizado na orla de Itaituba/PA. A abertura do evento contou com apresentação da banda musical e do grupo de dança do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) – Campus Itaituba. A estimativa é que 151 pessoas visitaram a exposição e participaram da votação para a escolha da melhor fotografia durante os três dias de evento.

Ao todo, foram expostas 47 fotografias, das quais 23 estavam inscritas no concurso fotográfico. A avaliação das fotografias foi dividida em duas categorias: júri popular e júri profissional. A imagem intitulada “Corredeira do Cabano” (do fotógrafo Anderson André Santos de Freitas) foi eleita pelo júri técnico como a melhor fotografia. Já a votação popular indicou a imagem intitulada “Rindo à toa” (do fotógrafo Jossehan Galúcio da Frota) como a melhor fotografia do concurso.

Os vencedores receberam o Troféu Ararajuba e adquiriram direito ao pernoite com alimentação inclusa na pousada Portal do Parque Nacional da Amazônia, localizada na comunidade de Vila Rayol que fica cerca de três quilômetros da unidade. O resultado do concurso foi anunciado durante o encerramento do evento e a entrega do prêmio foi realizada durante a 24ª Reunião do Conselho Consultivo do Parna da Amazônia, realizada no dia 22 de fevereiro de 2018. 

A organização do evento contou voluntários do Setec II (UNA/Itaituba) e dos contratados via o Projeto Motivação e Sucesso na Gestão das unidades de conservação (MOSUC) em parceria com o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPE). Além disso, os servidores do Setec II orientaram voluntários e contratados do MOSUC durante a realização do evento. 

O evento contou com o apoio da Prefeitura de Itaituba, de estúdios de fotos, de empresários do setor hoteleiro e da Associação do Desenvolvimento Turístico do Tapajós (ADTUR-Tapajós).

Riqueza biológica e cênica

O Parque Nacional da Amazônia possui uma área total de 1.066.000,00 hectares e situa-se no município de Itaituba, na região sudoeste do estado do Pará, e abrange ainda os municípios de Aveiro (PA) e Maués (AM). O Parque situa-se às margens do rio Tapajós e faz parte do mosaico de Unidades de Conservação da BR-163. A área abriga matas de terra firme e as matas de igapó, além de refrescantes igarapés.

A diversidade da fauna também constitui um atrativo especial: com sorte, o visitante poderá avistar a ararajuba, símbolo do parque, apenas uma entre as centenas de aves que ali habitam e procriam, como araras, tucanos, o mutum, e a mâe-de-tacoa, entre outras espécies. Macacos e porcos-do-mato também podem aparecer para brindar o visitante. Também é notável a beleza das corredeiras do rio Tapajós, que a suas margens possui marca dos indígenas Tapajó nas rochas que serviam como amoladores. Dentro da Unidade também encontra-se sítios arqueológico dos Tapajó, com registro da sua cerâmica.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.