Prêmio Educador do Ano vai para professora de aldeia indígena de Rondônia

Elisângela Dell-Armelina Suruí, de 38 anos, foi premiada por seu projeto de alfabetização na língua indígena Paiter Suruí em Cacoal. 

Elisângela Dell-Armelina Suruí, de 38 anos, foi premiada por seu projeto de alfabetização na língua indígena Paiter Suruí em Cacoal. (Foto: Carol Moreno / G1)

Indígenas e ribeirinhos firmam aliança em defesa do Xingu

No 3º Encontro Xingu + Diversidade Socioambiental no coração do Brasil, cem lideranças xinguanas e seus parceiros debateram em Brasília os desafios e estratégias para o futuro.

Continuar lendo Indígenas e ribeirinhos firmam aliança em defesa do Xingu

Câmara dos Deputados – Minas e Energia aprova fundo de proteção de reservas garimpeiras

A Comissão de Minas e Energia aprovou a criação de um fundo de proteção de reservas garimpeiras. O objetivo é financiar planos, programas e projetos públicos e privados para o uso racional dos recursos ambientais e a promoção da educação ambiental. A medida está prevista no Projeto de Lei 6103/16, do deputado Francisco Chapadinha (Pode-PA).

Continuar lendo Câmara dos Deputados – Minas e Energia aprova fundo de proteção de reservas garimpeiras

PA – Projeto de piscicultura garante renda de R$ 15 mil para comunidades ribeirinhas

Iniciativa é mantida pela Mineração Rio do Norte (MRN), no município de Oriximiná (PA). Mais peixe em menos tempo. Esse é o resultado obtido por famílias de três comunidades ribeirinhas de Oriximiná (município da região Oeste do Pará) que participam do Projeto de Apoio à Piscicultura (Peixe Novo), mantido pela Mineração Rio do Norte (MRN), maior produtora brasileira de bauxita (matéria-prima do alumínio). 

Equipe técnica da UFOPA durante visita de acompanhamento em tanque na comunidade Bacabal (Oriximiná, PA) – Divulgação / MRN

Continuar lendo PA – Projeto de piscicultura garante renda de R$ 15 mil para comunidades ribeirinhas

Nota conjunta sobre o ataque às estruturas dos dois órgãos em Humaitá- AM

As unidades do Ibama e do ICMBio no município de Humaitá (AM) foram atacadas e destruídas por criminosos nesta sexta-feira (27/10), em represália a operação de fiscalização realizada para combater o garimpo ilegal de ouro no Rio Madeira.

Continuar lendo Nota conjunta sobre o ataque às estruturas dos dois órgãos em Humaitá- AM

Prédios e carros de órgãos ambientais em Humaitá, no Amazonas, são incendiados por garimpeiros

Não há registro de vítimas; servidores buscaram refúgio em quarteis do Exército e da Marinha. Investigação do caso será conduzida pela Polícia Federal


(Foto: Reprodução Facebook)

Continuar lendo Prédios e carros de órgãos ambientais em Humaitá, no Amazonas, são incendiados por garimpeiros

Regularização fundiária é concedida a comunidades tradicionais de três reservas extrativistas do interior do AM

Comunidades assinaram os termos de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU), em processos de regularização mediados pelo MPF.

Continuar lendo Regularização fundiária é concedida a comunidades tradicionais de três reservas extrativistas do interior do AM

Verdades X Mentiras : O Exército Brasileiro na construção da BR 174

A melhoria da infraestrutura fez parte das iniciativas para o desenvolvimento do país, no período de 1964 a 1984. A construção de rodovias como a BR 174, Manaus – Boa vista, com destaque para o trecho Caracaraí (RR) / Manaus (AM), possibilitando a ligação dos dois Estados, por inserir-se neste contexto, representou um passo importantíssimo para a  consolidação da rede viária sul-americana e do sistema  pan-americano de rodovias (Brasil, Venezuela, Uruguai, Argentina e Paraguai). Continuar lendo Verdades X Mentiras : O Exército Brasileiro na construção da BR 174

Fogo volta a destruir parte da Terra Indígena Arariboia, no Maranhão

O fogo voltou a atingir parte da Terra Indígena Araribóia, no sudoeste do Maranhão. Localizada em uma área de transição do Cerrado para a Floresta Amazônica, extremamente vulnerável a incêndios, a reserva de 413 mil hectares vem registrando focos de incêndios quase diários ao longo dos últimos meses. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), cerca de 12 mil indígenas das etnias Guajajara e Awá-Guajá vivem na área, muitos em situação de isolamento voluntário.

Continuar lendo Fogo volta a destruir parte da Terra Indígena Arariboia, no Maranhão

MPF recomenda paralisação de atividades exploratórias em território da comunidade Montanha e Mangabal, no Pará

Uma equipe da Polícia Federal percorreu a rodovia Transamazônica, no trecho entre Itaituba e Jacareacanga, no sudoeste do Pará, parando em restaurantes e pousadas frequentadas por garimpeiros, madeireiros e palmiteiros que circulam na região. Os policiais foram afixar nesses locais um aviso do Ministério Público Federal (MPF) para a paralisação de todas as atividades exploratórias no interior do projeto de assentamento extrativista Montanha e Mangabal, em Jacareacanga, sudoeste do Pará.  

Aviso para paralisação de todas as atividades exploratórias foi afixado ao longo da Transamazônica. Fotos: Polícia Federal

Continuar lendo MPF recomenda paralisação de atividades exploratórias em território da comunidade Montanha e Mangabal, no Pará

MPF em Santarém (PA) também fiscaliza atendimento a indígenas venezuelanos

O Ministério Público Federal (MPF) no Pará, que desde julho vem atuando na fiscalização da acolhida aos indígenas venezuelanos da etnia Warao em Belém, capital do estado, também está exercendo essa supervisão em Santarém, no oeste do estado. O município tem recebido famílias Warao desde o final de setembro.

Continuar lendo MPF em Santarém (PA) também fiscaliza atendimento a indígenas venezuelanos

Em Carajás, jaborandi gera saúde e renda

Manejo da planta, de cujas folhas se extrai a pilocarpina, princípio ativo do colírio para glaucoma, maior causa de cegueira do mundo, garante o sustento de muitas famílias na floresta nacional, no Pará.

Continuar lendo Em Carajás, jaborandi gera saúde e renda

Aviamento foi imposto a indígenas pela colonização e se reproduz até hoje

Márcio Meira, pesquisador do Museu Goeldi e ex-presidente da Funai, revela em sua tese de doutorado minúcias antropológicas e históricas do violento sistema no noroeste amazônico.  

Continuar lendo Aviamento foi imposto a indígenas pela colonização e se reproduz até hoje

América do Sul perdeu 30% de suas áreas selvagens desde 1990

Um estudo publicado na revista Current Biology mostra que a América do Sul foi a região que mais perdeu áreas selvagens desde 1990: 30%. Seguida pela África, com 14%. A porcentagem mundial foi de 9,6%. Seis pesquisadores australianos, um estadunidense e um canadense pesquisaram os dados e fizeram recomendações para políticas globais e locais. O nome da pesquisa é significativo: “Declínio Catastrófico em Áreas Selvagens Soterra Metas Ambientais Globais”. 

Continuar lendo América do Sul perdeu 30% de suas áreas selvagens desde 1990

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com