Museu do Índio promove oficina de projeto que preserva língua e cultura de povos transfronteiriços da Amazônia

Na semana passada, (15 a 18/8), 30 pesquisadores estiveram reunidos no Museu do Índio, unidade descentralizada da Funai no Rio de Janeiro, durante a oficina do Programa de Documentação de Línguas e Culturas Indígenas (Progdoc). 

O encontro teve o objetivo de nortear o trabalho dos coordenadores ligados aos subprojetos de língua e cultura do “Projeto Salvaguarda do Patrimônio Linguístico e Cultural dos Povos Indígenas Transfronteiriços e de Recente Contato na Região Amazônica” da Funai, realizado em parceria com a UNESCO e gerenciado pelo Museu do Índio.

A equipe de pesquisadores, vai desenvolver ações de salvaguarda cultural junto às etnias Korubo (AM), Sanoma (AM/ RR/ Venezuela), Povo do Xinane (AC), Taurepang (RR/Venezuela), Warekena (AM/ Venezuela), e Moré Cojubim (RO/ Bolívia).

 

Informações: Museu do Índio/Funai

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*