Ibama bloqueia serrarias no sudoeste do Pará após atentado na BR-163

A presidente do Ibama, Suely Araújo, determinou o bloqueio preventivo de todas as serrarias da região de Novo Progresso (PA) no sistema do Documento de Origem Florestal (DOF) após atentado ocorrido na madrugada desta sexta-feira (07/07) contra veículo que transportava caminhonetes do Instituto em Cachoeira da Serra, distrito de Altamira (PA), perto da divisa com o Mato Grosso.  

Equipes da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionadas para apurar os responsáveis pelo crime e reforçar a segurança no eixo da BR-163.

O objetivo das medidas é garantir a ordem e assegurar a atuação dos agentes de fiscalização ambiental na região. O Ibama encaminhou à PF áudios e mensagens em que criminosos incitam a destruição de veículos e helicópteros do Instituto.

As oito caminhonetes incendiadas seriam entregues à gerência-executiva do Ibama em Santarém (PA) para renovação da frota nas bases da BR-163.

O contrato do Ibama com a empresa Locamerica prevê a troca dos veículos usados na fiscalização a cada dois anos. “Foi um atentado contra ação legítima do Estado brasileiro”, disse o diretor de Proteção Ambiental , Luciano Evaristo.

 

Assessoria de Comunicação do Ibama
imprensa@ibama.gov.br
(61) 3316-1015

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.