Uiramutã/RR: Governo cria plano de contingência e reforça assistência às comunidades afetadas

O Plancon planeja, organiza e padroniza as ações de resposta em situações emergenciais em todo o Estado. Nesse contexto tem o Plano de Ação para o Município de Uiramutã, que define as ações específicas para o desastre natural de enxurrada, definindo as atribuições de cada secretaria de governo e do município atingido, para promover o socorro aos afetados. 

“Desde quinta-feira passada (18), a Defesa Civil está trabalhando no local para ajudar a população dessas localidades. Nós estamos agora buscando maneiras de tornar a superação dessas pessoas menos traumática”, apontou Suely ao relatar a situação do município.

Equipes do Corpo de Bombeiros, Setrabes (Secretaria de Trabalho e Bem Estar Social), Defesa Civil, Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Sesau (Secretaria de Saúde) e demais órgãos de governo, estão no município realizando levantamento da situação e prestando assistência aos moradores que estão em áreas de difícil acesso. Aeronaves e embarcações estão sendo utilizadas na operação.

Até o momento, 15 localidades foram atingidas pelas fortes chuvas, afetando cerca de mil pessoas e mais de 200 famílias. Três comunidades ainda estão isoladas. As localidades são: Caveira, Canã, Kumapai, Kanapang, Nova Esperança, Ximarão, Mutiár I, Muriá II, Mutum, Central, Prododó, São Matheus, Lage, Orinduque e Boca do Uailã.

Produção perdida

As fortes chuvas comprometeram 57,5 hectares de áreas produtivas, além de destruir 45 casas. Duas escolas também foram comprometidas. Nesta terça-feira (23), a governadora Suely Campos vai ao Uiramutã, coordenar pessoalmente a ação do governo na localidade e inspecionar a situação das comunidades mais afetadas.

“Levaremos quatro médicos, medicamentos, hipoclorito de sódio para tornar a água potável, redes, lonas para abrigos provisórios enquanto retomamos a construção das casas. Também estaremos levando alimento e água potável”, destacou Suely.

Campanha vai arrecadar alimentos e donativos

Ainda durante o anúncio do plano de contingência para Uiramutã, o Governo do Estado lançou a Campanha Todos Por Uiramutã, que tem como objetivo receber doações de alimentos não perecíveis, água potável, redes e roupas (para crianças, adultos e lençóis) na sede da Setrabes (Secretaria Estadual do Trabalho e Bem-Estar Social).

A titular da secretaria, Emília Campos, disse que a campanha tem como intuito sensibilizar a população roraimense a auxiliar as famílias atingidas pela enchente.

Assim que ocorreu o fenômeno no município, a Setrabes articulou junto ao MDSA (Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário) a doação de mais de 80 toneladas de alimentos, entre itens como leite, farinha e arroz.

“Esse material está na Conab [Companhia Nacional de Abastecimento] em Manaus e estamos tramitando os documentos o mais rápido possível para buscá-los e encaminhá-los imediatamente para Uiramutã. É um auxílio muito bem vindo e esperamos que em até três dias chegue a Roraima”, afirma.

Mesmo com a doação dos alimentos, a secretária ressalta que a mobilização da população é importante para minimizar os estragos causados às pessoas que vivem na região. “São quase mil pessoas que vivem da agricultura e que foram afetadas pela enchente. O Governo não tem medido esforços para auxiliá-los, mas a ajuda da população é muito importante neste momento”, ressalta.

No final de semana passado, o Corpo de Bombeiros, servidores de outras secretarias de governo e Exército Brasileiro realizaram a entrega de cestas básicas no Uiramutã e ainda esta semana, fará a entrega de seis casas de farinha para as comunidades que perderam os equipamentos na enchente para a retomada imediata da produção do alimento.

A Seapa disponibilizou nesta segunda-feira, dia 22, um caminhão para auxiliar no envio dos mantimentos arrecadados em Boa Vista para o município de Uiramutã. Mais de 900 pessoas encontram-se desabrigadas devido a maior cheia dos rios nos últimos 50 anos.

O titular da Seapa, Gilzimar Barbosa, relatou que a situação é grave. “As casa foram cobertas pela água, levando tudo o que os moradores tinham. Além disso, a chuva também prejudicou a roça de muitos produtores, que não terão de onde tirar o sustento. A situação é desumana”, detalhou.

Locais para doação

O ponto de coleta da campanha Todos Por Uiramutã é nas salas 7 e 8 da Setrabes, localizada na Avenida Mário Homem de Melo, 2310, bairro Mecejana, em horário comercial (8h às 18h), ou no Ponto de Coleta da Prefeitura do Uiramutã, localizado na rua Arnaldo Brandão, número 905, no bairro São Francisco. Para mais informações, é possível telefonar para o número (95) 2121-2629.

Saiba as oito ações da Campanha

1 – Reforço no atendimento médico com 2 pediatras, 2 clínicos gerais e medicamentos;

2 – Distribuição de hipoclorito de sódio, com cartilha de utilização, para todas as famílias do município. A estimativa é que existam 500 imóveis.

3 – Distribuição de água potável engarrafada e caixas d’água para as comunidades;

4 – Distribuição de 500 redes e 500 mosquiteiros para as famílias que perderam suas casas;

5 – Distribuição de 150 lonas para cobrir as casas danificadas;

6 – Distribuição de cestas básicas para as famílias mais afetadas;

7 – Entrega de Casas de Farinha para as comunidades que perderam os equipamentos, para retomada da produção de forma imediata;

8 – Lançamento de uma campanha de arrecadação de alimentos, roupas (para adultos, crianças e lençóis) e água potável, com ponto de coleta na Setrabes.

 

FONTE: Roraima em Foco  http://www.roraimaemfoco.com/

http://www.roraimaemfoco.com/uiramuta-governo-cria-plano-de-contingencia-e-reforca-assistencia-as-comunidades-afetadas/  

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.