Índios invadem área que seria de fazenda em Santa Terezinha, Ministério Público investiga o caso

Índios da etnia Canela invadiram no último final de semana uma área de terra as margens do rio Tapirapé, que pertenceriam a uma fazenda. No local eles montaram acampamentos e afirmam que as terras seriam da União e foram usadas de forma ilegal pelo dono da fazenda por muitos anos.  

O Ministério Público abriu um inquérito para investigar o caso, até o momento não houve conflito, mas ele não esta descartado. As autoridades locais já foram comunicadas e a Polícia Militar esteve na região conversando com os invasores e com o proprietário da fazenda. 

O Ministério Público quer verificar a propriedade e destinação da área em questão. Entre eles está o levantamento de informações sobre terra disputada, por meio do Sistema Pericial do MPF, podendo ser realizadas diligências no local. Mas para isso será necessário consultar dados de diversos órgãos, como o Programa Terra Legal, da Fundação Nacional do Índio (Funai) e também o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), para saber os exatos limites da Fazenda e da terra devoluta alegada pelos indígenas.  

Com isso, será possível confeccionar um mapa do local, englobando as propriedades vizinhas, assentamentos rurais e terras indígenas, possibilitando a compreensão exata do panorama e de que forma o MPF poderá atuar. Durante as investigações, o MPF irá monitorar a situação por meio de contato com as lideranças indígenas e as autoridades locais.

VER MAIS EM: 

http://www.agenciadanoticia.com.br/  

http://www.agenciadanoticia.com.br/noticias/exibir.asp?id=53327&noticia=indios_invadem_area_que_seria_de_fazenda_em_santa_terezinha_ministerio_publico_investiga_o_caso  

 

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.