Pesquisadores confirmam focos de barbeiro em área urbana de Roraima

Segundo o Instituto Oswaldo Cruz, é a primeira vez que uma colônia do barbeiro, inseto que transmite a doença de chagas, foi identificada em ambiente domiciliar no Brasil.


 
Conforme artigo científico publicado neste mês pelo instituto, cerca de 130 barbeiros foram encontrados dentro de um tijolo na caixa protetora do ar-condicionado em condomínio residencial de Boa Vista.

Baixar áudio
  
Os pesquisadores apontam que a descoberta pode aumentar o risco de transmissão da doença de chagas em área urbana. Ainda de acordo com a publicação, moradores do condomínio teriam visto o inseto nos apartamentos.
 
De acordo com instituto, a Secretaria Estadual de Saúde se responsabilizou pelos procedimentos de desinfestação. Os insetos vão passar por análise para verificar se houve infecção pelo parasita causador da doença de chagas.
  

Confira também no Repórter Amazônia desta segunda-feira (21): justiça considera ilegal greve de agentes penitenciários em Mato Grosso. E mais:  povo Munduruku lança livro sobre alimentação e saúde.

FONTE: EBC

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*