PF deflagra operação para combater crimes ambientais em RO

A Polícia Federal iniciou nesta quinta-feira (14/7) uma nova operação para coibir crimes ambientais no estado. A ação combate a atuação de madeireiros na região de Espigão do Oeste, Ministro Andreazza e Pimenta Bueno, além de Porto Velho.

Cerca de 40 policiais federais dão cumprimento a 24 mandados judiciais, sendo: 2 mandados de prisão preventiva já foram cumpridos, sendo um de um grande madeireiro da cidade de Espigão do Oeste e outro de um indígena também da mesma região; 6 mandados de condução coercitiva; 13 de busca e apreensão na região do Cone Sul do estado; e 3 ordens de interrupção de atividades de empresas madeireiras e Plano de Manejo Florestal Sustentável.

O esquema foi revelado na Operação Plano Virtual. Segundo as investigações, a ação criminosa contava com detentores dos planos de manejo, madeireiros, consultores ambientais, exploradores e transportadores de madeira. Laranjas também teriam sido utilizadas para o esquema.

O grupo se beneficiava de extração ilícita de madeira, que era esquentada por meio de fraudes em planos de manejo. Em geral, essa madeira ilegal provinha de terras indígenas.

Os indiciados responderão pelos crimes de furto, receptação, falsidade documental, extração ilegal de madeira, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO

Contato (69) 3216-6242

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.