Funai apoia ações de saúde na Amazônia

Desde 2004, a Funai tem apoiado as ações da Associação Expedicionários da Saúde (EDS) em Terras Indígenas. A organização reúne médicos voluntários em expedições que levam medicina especializada, em especial atendimento cirúrgico, às populações indígenas da Amazônia Brasileira. 

A instituição tem, portanto, atuação complementar às diversas políticas e programas de saúde já em curso no país, tendo seu Programa Operando na Amazônia, implantado em 2004, reconhecido como tecnologia social eficiente pela UNESCO. 

Desde o início dessa parceria, um total de 5.703 cirurgias e 36.810 atendimentos médicos e odontológicos foram realizados em 34 expedições, todas em Terras Indígenas. Somente no ano de 2015, foram realizadas três expedições: a 32ª expedição, realizada no Médio Solimões, prestou atendimento médico e odontológico a 3.031 indígenas, realizou 290 cirurgias e 4.314 exames e procedimentos; na 33ª, foram realizadas 239 cirurgias, 2.796 atendimentos clínicos e 2.662 exames e procedimentos, na região de Maturacá; ao passo que a 34ª expedição, realizada em novembro junto ao povo Munduruku foi responsável pela realização de 243 cirurgias, 1.785 consultas e 3.996 exames e procedimentos. 

A organização atua em estrita coordenação com o Ministério da Defesa (FAB – CMA), o Ministério da Justiça (FUNAI), o Ministério da Saúde (SESAI) e lideranças indígenas locais. As expedições são organizadas em sistema de mutirão, promovido por equipes médicas voluntárias, com duração aproximada de sete dias. A Funai tem fornecido apoio técnico e logístico aos expedicionários. 

FONTE: FUNAI

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.