Baixa do Rio Branco pode comprometer abastecimento de água em Roraima

Devido ao forte período de estiagem, o principal rio de Roraima, o Rio Branco, encontra-se em vários pontos com volume pluvial de apenas 30cm. 

  
Mesmo com este baixo nível das águas, o presidente da Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caer), Danque Esbell, descarta possibilidade de racionamento.
 
Esbell ressaltou que a pasta responsável pelo gerenciamento do tratamento e distribuição de água para o estado vem adotando medidas para prevenir o desabastecimento em Roraima.
 
De acordo com as informações da Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Roraima (Femarh), em 2015, choveu em média 160 milímetros a menos do que o esperado e a previsão é de que a estiagem se agrave, em 2016.
 
Alguns municípios declararam recentemente estado de emergência, mas o presidente da Caer afirma que a companhia já está adotando todas as medidas cabíveis para evitar a falta d ́água.
 
A Caer e a Femarh têm realizado monitoramento do nível do Rio Branco, no intuito de prevenir qualquer transtorno com relação a escassez das águas. Este levantamento é feito de hora em hora.
 
Também são destaques do Jornal da Amazônia 1ª Edição desta sexta-feira, 22: relatório aponta falta de magistrados na justiça do Amazonas; no Tocantins, chuva é comemorada por produtores rurais.
 
Jornal da Amazônia 1ª Edição vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 7h45, na Rádio Nacional da Amazônia, uma emissora da Empresa Brasil de Comunicação.

 

FONTE:  Rádio Nacional da Amazônia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: