Incêndio atinge reserva biológica no Amapá

Um incêndio de grandes proporções atinge a Reserva Biológica (Rebio) do Lago Piratuba, no norte do Amapá, a 302 km de Macapá. Brigadistas deslocados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) estão no local, mas enfrentam dificuldades para conter as chamas.

Os trabalhos são feitos, por enquanto, somente via terrestre. Os servidores buscam ajuda de uma aeronave por causa da dificuldade de acesso aos locais onde se concentram os focos de incêndio. “Não tem como a gente fazer nenhum controle se não tivermos apoio aéreo”, disse Patrícia Pinha, chefe da unidade.

Este é o segundo grande incêndio que ocorre na Rebio do Lago Piratuba este ano. Mais de sete mil hectares foram devastados entre novembro de 2014 e janeiro de 2015 na mesma região. Ainda não existe um levantamento da área atingida neste mais recente incêndio, que começou no dia 22 de novembro. A unidade tem, ao todo, 395 mil hectares.

O incêndio teve início fora da unidade e pode ter sido provocado. “A unidade inteira é cercada por criadores de gado e muito provavelmente pode ter sido causado por alguma ação da atividade pecuária no entorno. Como o uso do fogo é descontrolado no estado, sem a menor responsabilidade, a pessoa pode ter usado as chamas que se tornaram incêndio e entraram na reserva”, afirmou a chefe da Rebio.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*