Realizada Etapa Local da Conferência Nacional de Política Indigenista na região de Awaris, Terra Indígena Yanomami

Entre os dias 07 e 11 de julho, a comunidade de Fuuduuwaduinha, localizada na região mais setentrional da Terra Indígena Yanomami, Awaris, sediou a Etapa Local da 1ª Conferencia Nacional de Política Indigenista, com o tema “A relação do Estado Brasileiro com os Povos Indígenas no Brasil sob o paradigma da Constituição de 1988”.    

Convocada por decreto presidencial a partir de demanda dos povos indígenas, estão sendo realizadas 131 etapas locais em todo o Brasil. 

A reunião com os representantes tem como objetivo avaliar a ação indigenista do Estado brasileiro além de reafirmar as garantias reconhecidas aos povos indígenas no país e propor diretrizes para a construção e a consolidação da política nacional indigenista. As etapas locais são o início de um diálogo formal entre os povos indígenas com o governo federal, suprindo a demanda reprimida destes povos de apresentarem suas necessidades tão específicas e complementares entre si.

Participaram dos cinco dias de encontro, lideranças Sanuma (subgrupo linguístico Yanomami) das aldeias de Awaris, Olomai, Katonau, Matoola, Kulapoipu, Mausia, Kolulu, Katarrinha, Polapiu, Kalisi, Namutu, Katimani, Kasinapiu, Momoipu, Katapa, Onkopiu, Hokolasimu, e Koraimatiu; além das lideranças Ye’kwana das aldeias Waikas, Kuratanha, Fuduwaadunha, Adajamenha e Fiya’kwanha. 

Foram abordados temas como educação escolar, conquistas dos direitos indígenas, territorialidade, desenvolvimento sustentável, Associações Indígenas e saúde. Apesar de enfrentarem problemas comuns como a invasão de seu território pelo garimpo ilegal ou a escassez de recursos naturais provocados pela concentração demográfica recente na região, os participantes discutiram e elaboraram propostas políticas sensíveis às especificidades de cada etnia, que variaram desde o acesso a bens da cidade (principalmente de ferramentas agrícolas) à aprovação do Estatuto dos Povos Indígenas. A etapa local da Conferência foi de suma importância para os Sanuma e Ye’kwana, visto que vivem em uma região isolada geograficamente com grandes dificuldades logísticas e de comunicação, localizada há cerca de 450 km de Boa Vista (RR), acessada exclusivamente por meio aéreo.

Ao final dos debates foram escolhidos dez representantes (oito sanumá e dois ye’kwana) para apresentarem as demandas de seus povos na Conferência Regional que ocorrerá no Lago do Caracaranã (RR) nos próximos meses. Os Yanomami são o povo de recente contato com a maior população no Brasil e, assim como os Yek’wana, são atendidos pela Frente de Proteção Etnoambiental Yanomami e Ye’kuana (FPEYY).

  Texto e fotos: Guilherme Gnipper (FPEYY/FUNAI) Colaboração: Clarisse Jabur (CGIIRC/FUNAI)

VEJAM AS FOTOS EM:

http://www.funai.gov.br/index.php/comunicacao/noticias/3383-realizada-etapa-local-da-conferencia-nacional-de-politica-indigenista-na-regiao-de-awaris-terra-indigena-yanomami

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A CONFERÊNCIA NACIONAL DE POLÍTICA INDIGENISTA:

http://www.conferenciaindigenista.funai.gov.br/

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.