Empresa incubada do Inpa, Amazônia Socioambiental, oferece 2° turma de curso para capacitação na área ambiental

O curso é voltado para profissionais que tenham interesse em utilizar o QGIS, um software livre para Sistemas de Informação Geográfica (SIG), o qual apresenta aplicações, além da composição de mapas, ferramentas para o planejamento territorial e suporte na elaboração do Cadastro Ambiental Rural (CAR). 

O II Curso de QGIS Básico para Área Ambiental, realizado pela empresa incubada do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), Amazônia Socioambiental, em parceria com a empresa Mata Tropical, será do dia 11 ao dia 15 de maio, de 18 às 22h, na sala de reuniões da Incubadora de empresas, no Campus I no Inpa, localizado da na Av. André Araújo, Petrópolis. As inscrições podem ser realizadas AQUI.

Assim como na primeira edição, o curso terá a carga horária de 20 horas, e será ministrado pelos engenheiros florestais Robson Disarz e Vinicius Pizziolo, da Mata Tropical, ambos com ampla experiência na utilização do QGIS e na capacitação de profissionais da área ambiental para uso do software.

O público da primeira edição do curso, realizado no mês de abril, foi composto por estudantes de diversas áreas e por profissionais como engenheiros, biólogos e geógrafos de diversos setores. Essa diversidade do grupo é apontada pelos instrutores como um dos motivos do dinamismo do curso.

“Achei a primeira turma muito boa devido à diversidade de pessoas participando, e essa pluralidade deu bastante dinamismo às aulas. Além disto, nos mostrou a importância do tema (SIG) para a região em diversos setores, e este tipo de capacitação permite que a qualidade das informações geradas na nossa região melhore bastante” apontou Disarz.

Para o biólogo Felipe Guimarães, participante da primeira edição do curso que foi avaliado como ótimo por 80% dos participantes, o conhecimento adquirido irá acrescentar muito no seu trabalho.

“Trabalho há sete anos na área ambiental e sei que o QGIS é uma ferramenta bastante útil para os trabalhos que faço. Então, além de melhorar a qualidade dos relatórios, ter o curso no meu currículo me abre novas oportunidades para realizar serviços como freelancer”, comentou Guimarães que atualmente trabalha na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

Mais informações sobre o curso acesse a página do curso neste link: http://goo.gl/OduSYI  

Da redação da Ascom / INPA

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.