Amazônia Socioambiental, empresa incubada no Inpa, realiza oficina de projetos socioambientais e de tecnologias sociais

A Amazônia Socioambiental, empresa de consultoria de negócios e projetos socioambientais incubada na Coordenação de Extensão Tecnológica e Inovação (Ceti), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), oferece 35 vagas para a oficina de elaboração de projetos  socioambientais e de tecnologia social. A capacitação será realizada de 1º a 17 de abril e tem como objetivo principal desenvolver nos participantes habilidades na construção de projetos de natureza socioambiental a fim de serem futuramente submetidos a editais.  

De acordo com a coordenadora de Tecnologia Social (COTS/COEX) do Inpa, Denise Gutierrez, a oficina é fruto de uma demanda do último Workshop de Tecnologia Social. Segundo ela, os participantes sentiram a necessidade de se capacitarem na área de construção de projetos. “A partir desse indicativo, procuramos nossos parceiros para construírem um programa para capacitar líderes comunitários, representantes de ONGs e diversos segmentos que desenvolvam ou queiram desenvolver projetos de cunho socioambiental no enfoque da Tecnologia Social”, disse.

A coordenadora conta que os participantes serão conscientizados sobre esse referencial enfatizando a proposta conceitual das Tecnologias Sociais. Além disso, também, será falado sobre os antecedentes e a história da área, o porquê surgiu essa perspectiva e quais são os valores que estão por trás dessa ideia do que é a Tecnologia Social.

“Tecnologia Social é um produto, um método, um equipamento material ou imaterial, ou até mesmo um processo, que vise incluir socialmente, ou solucionar um problema de ordem prática da vida das pessoas capaz de produzir melhor qualidade de vida”, explicou Gutierrez.

Oficina de construção de projetos socioambientais e tecnologias sociais

Segundo os organizadores do evento, o objetivo da oficina é reunir pessoas envolvidas com projetos para compartilhar conhecimentos, habilidades e ferramentas sobre desenvolvimento de projetos socioambientais e tecnologias sociais.  A oficina será desenvolvida em dois formatos, sendo um digital, que acontecerá com apoio de material disponível na internet ou enviado por e-mail, e outro presencial, a ser realizado na sala de reuniões da Incubadora de Empresas do Inpa – Campus I, na Avenida André Araújo, Petrópolis, Manaus (AM). Destas vagas, cinco serão destinadas aos servidores do Inpa.

A oficina digital será realizada de 1º a 10 de abril, sendo gratuita e sem limite de vagas. Para participar, é necessária somente a inscrição pela plataforma de apoio, gerenciada pela Amazônia Socioambiental, acesso à internet e possuir endereço de e-mail para receber o material de apoio, parte do conteúdo da oficina presencial. É desejável que todos os inscritos disponham de 10 horas para acompanhar o material que será indicado e monitorado pela equipe de projetos da Amazônia Socioambiental.

A oficina no formato presencial será oferecida para 35 pessoas durante 20 horas. Destas vagas, cinco são garantidas aos servidores do INPA que farão o curso gratuitamente. O inscrito que optar em realizar a oficina presencial pagará R$ 60,00 à Amazônia Socioambiental. Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail pmo@amazoniasocioambiental.com.br até o próximo dia 20 de março, data que encerra as inscrições, para verificar disponibilidade de vaga, receber informações para o pagamento, confirmação e documento fiscal correlato. Outras informações sobre este curso, portfólio de realizações, projetos em andamento e novos projetos podem ser solicitadas por esse mesmo e-mail por tempo indeterminado.

Amazônia Socioambiental no negócio de facilitar projetos

A Amazônia Socioambiental foi à primeira organização a utilizar na modalidade residente o sistema compartilhado de incubação de empresas de base tecnológica do Inpa. Desde 2013 a empresa tem se destacado em iniciativas internacionais, como ocorreu no Salão de Negócios Criativos, e no Amazonas pelas iniciativas voltadas ao desenvolvimento sustentável da região. A empresa é organizada como um escritório de gerenciamento de negócios e projetos socioambientais e atende demandas de pesquisa e desenvolvimento na região amazônica. Dentro do Inpa, há 18 meses a empresa compartilha as estruturas físicas do Prédio da Incubadora e recebe mentoria da equipe da Coordenação de Extensão Tecnológica e Inovação (CETI).

De acordo com Diego Brandão, Biólogo e Diretor Executivo da Amazônia Socioambiental, em 2013/14, a empresa assessorou 22 projetos. “O modelo de negócio da empresa pode ser resumido como um facilitador de metodologias de trabalho e recursos humanos para acelerar projetos socioambientais. Nesta parceria com a COTS/Inpa, vamos facilitar a oficina juntos com a Dr. Denise. Será uma semana intensa, marcada por novidades, conceitos, casos de projetos e uso de ferramentas de trabalho”ressaltou Diego, Mestre em Ecologia pelo Inpa e cofundador da empresa.

Entre os projetos realizados em 2014, destacaram-se aqueles com a Fundação Vitória Amazônica (FVA), o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (IDESAM), o Instituto Coca-Cola Brasil (ICCB), a Associação Vida Verde da Amazônia (AVIVE), a Fundação Amazonas Sustentável (FAS),  o WWF-Brasil e o Professor Luiz Castro.

Por Luciete Pedrosa/Ascom Inpa

VER MAIS EM:

https://www.inpa.gov.br/noticias/noticia_sgno2.php?codigo=3498

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.