Roraima – Indígenas querem ser inseridos no setor produtivo

Representantes de organizações indígenas se reuniram com o secretário do Índio, Ozélio Messias, e falaram dos principais problemas que as comunidades vêm enfrentando ao longo dos últimos anos. A inserção do índio no setor produtivo foi o assunto mais discutido.    

Participaram da reunião, 12 representantes de organizações, associações e cooperativas indígenas de Roraima. O secretário escutou todas as reclamações e disse que vai colocar tudo no papel para poder adotar as medidas cabíveis. Messias acredita que até março deste ano monte o Plano Plurianual (PPA) com as políticas públicas que atenderão as demandas dos povos indígenas nos próximos quatro anos.  

Roraima tem 50 mil índios, o que representa 12% da população, e as terras indígenas ocupam 46% da área do Estado. “Imagina se todos esses parentes começarem a produzir. Temos força de trabalho e terras, mas faltam políticas públicas para alavancar a produção”, lamentou.  

O secretário avisou que a gestão dele será pautada pela parceria. Ainda este ano, os índios produtores receberão cursos de capacitação agropecuária e insumos para começarem a produção de frutas e grãos. A pecuária também é outro setor bem explorado, principalmente, pelos índios que vivem ao Norte do estado.   

Técnicos da SEI já trabalham na implantação do projeto Gado Novo. A proposta é aumentar o rebanho nas comunidades indígenas até o final do ano. Os índios roraimenses têm hoje 65 mil cabeças de boi, e para aumentar a quantidade, Messias adiantou que serão introduzidas novas matrizes no rebanho.

FONTE: Folha de Boa Vista

http://www.folhabv.com.br/novo/noticias/view/id/3850/titulo/Ind%C3%ADgenas+querem+ser+inseridos+no+setor+produtivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.