Índios atacam povoado na Amazônia peruana em busca de comida

Grupo causou danos à infraestrutura do local e exigiu comida da população.  Ministério avalia evacuar moradores; retorno dos Mashco-Piro é iminente. 

Duzentos índios da etnia Mashco-Piro, que vivem isolados da civilização, invadiram com violência uma comunidade nativa na fronteira entre o Peru e o Brasil em busca de comida, informou neste domingo (21) o ministério peruano da Cultura.

“No sábado (20), um grupo de aproximadamente 200 indígenas chegou à comunidade Monte Salvado exigindo comida das pessoas após terem causado sérios danos à infraestrutura do povoado”, afirmaram as autoridades peruanas em um comunicado.

O ataque não deixou feridos, segundo o ministério, que avalia uma possível evacuação dos moradores afetados em coordenação com os ministérios do Interior e da Defesa.

A população nativa de Monte Salvado, composta por 39 pessoas, refugiou-se por medo de ataques. “Os Mashco-Piro deixaram a região, mas seu retorno nos próximos dias é iminente”, alertou o ministério peruano.

O incidente aconteceu no distrito amazônico de Las Piedras, na reserva natural da província de Tambopata, na região peruana de Madre de Dios.

As autoridades revelaram que se trata da segunda incursão dos Mashco-Piro a Monte Salvado nesta semana. Na primeira, os indígenas danificaram algumas casas, sacrificaram animais domésticos e de criação e levaram utensílios, como cordas, machados e panelas.

Durante o ataque, os indígenas também destruíram roupas, mantas e mosquiteiros usados pelos moradores, elementos associados à cultura ocidental.

Em agosto passado, a Federação Nativa do Rio Madre de Dios pediu ao governo que proteja a etnia Mashco-Piro dos passeios turísticos pela Amazônia Peruana, que incluem visitas a comunidades isoladas.

Fonte: G1

VER MAIS EM:

http://amazonia.org.br/2014/12/%c3%adndios-atacam-povoado-na-amaz%c3%b4nia-peruana-em-busca-de-comida/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*