Câmara dos Deputados – Comissão de Meio Ambiente debaterá relatório da ONU sobre mudanças climáticas

A Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável promove audiência pública, na quinta-feira (11), para discutir o 5º Relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado no início de novembro. 

O evento foi solicitado pelo deputado Sarney Filho (PV-MA). Segundo ele, “o documento, infelizmente, aponta para uma situação extrema de urgência ambiental, evidenciando que a emissão dos gases do efeito estufa tem aumentado em função do crescimento econômico e populacional, alcançando níveis sem precedentes nos últimos 800 anos, desde a era pré-industrial”.

O relatório sintetiza as conclusões dos três grandes dossiês apresentados pelo grupo de cientistas nos últimos doze meses. Elaborado por mais de 800 cientistas de 80 países, evidencia que a emissão dos gases do efeito estufa tem aumentado em função do crescimento econômico e populacional.

Níveis sem precedentes
As mudanças climáticas têm alcançado níveis sem precedentes nos últimos 800 anos, desde a era pré-industrial, mostrando que, apenas entre 2000 e 2010, a produção de energia por queima de combustíveis fósseis, foi a responsável por 47%, a indústria por 30%, o transporte por 11% e as construções por 3% das emissões globais dos gases responsáveis pelo efeito estufa.  

Este cenário, segundo o relatório, demanda a tomada de providências extremas e urgentes, com a redução das emissões em torno de 70% até 2050 e o fim das emissões em 2100, objetivando que a temperatura global não supere a casa dos 2ºC.

Situação que levará a sérias consequências em termos de comprometimento com a segurança alimentar, redução da disponibilidade de água potável, potencialização das inundações, deslizamentos, elevação dos oceanos e tempestades, risco de extinção de várias espécies animais e vegetais, dentre outras.

Foram convidados para discutir o assunto com os integrantes do colegiado representantes do Ministério do Meio Ambiente; do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais; do Greenpeace, Sérgio Leitão; e do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas.

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*