Novas turbinas para usina de Jatapú chegam em setembro a Roraima

As duas novas turbinas adquiridas de uma empresa do Paraná pela Companhia Energética de Roraima (Cerr) para ampliar a capacidade da usina hidrelétrica de Jatapú, no município de Caroebe, chegam ao estado no próximo mês.

A usina passa por obras de revitalização e modernização que devem ser finalizadas no primeiro semestre de 2014. O investimento estimado é de R$ 46 milhões.

Atualmente, a usina funciona de forma precária com apenas duas turbinas hidráulicas, que deverão ser revitalizadas. As sedes e algumas comunidades dos municípios de Caroebe e São João da Baliza, no sul de Roraima, são os únicos atendidos.

Os novos equipamentos de 2,5 megawatts cada deverão dobrar a geração de energia. Além de atender os dois municípios em sua totalidade, a usina reforçará o atendimento aos consumidores de São Luiz do Anauá, município que está interligado ao sistema de Boa Vista. A previsão é que mais de 5 mil moradores sejam beneficiados.

“Vamos reduzir custos com locação de equipamentos, com a compra de diesel e ainda com a aquisição de energia, embora sejam só três municípios atendidos. O investimento já existe, então temos que mantê-lo de forma produtiva”, destacou a diretora-presidente da Cerr, Conceição Escobar.

Além da aquisição de novas turbinas e a revitalização das já existentes, a obra contempla ainda melhorias no espaço físico da usina hidrelétrica de Jatapú. A estrada de acesso à usina também será totalmente recuperada.

20 anos de criação A usina hidrelétrica de Jatapú foi construída entre os anos de 1991 e 1994 e inaugurada oficialmente em 1994. A unidade está localizada a 55 km da sede do município de Caroebe e ocupa uma área de mais de 15 mil metros quadrados.

FONTE : G1 –

VER ÍNTEGRA EM : http://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2013/08/novas-turbinas-para-usina-de-jatapu-chegam-em-setembro-roraima.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.