Madeireiros peruanos são detidos explorando área de proteção no AC

Um grupo composto por oito madeireiros peruanos foi detido por autoridades brasileiras, explorando a área sul do Parque Nacional da Serra do Divisor, no Acre, para a retirada de madeiras nobres. A operação coordenada pela equipe do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) se encerrou nesta terça-feira (2) e encontrou acampamentos, estradas e cerca de 352 m³ de cedro que seriam transportados para o lado peruano.   

Segundo o analista ambiental do ICMBio, Paulo de Sousa, que responde como chefe do parque, devido a dificuldade de acesso, a madeira foi inutilizada. Os acampamentos foram incendiados e equipamentos destruídos, entre eles, um trator de pequeno porte usado no transporte da madeira.

Os peruanos foram detidos por policiais militares, civis e federais que prestaram apoio na operação. Eles foram notificados e deportados imediatamente para o país vizinho.

Um helicóptero do Ibama foi utilizado no deslocamento da equipe e para sobrevoar a área invadida. Os envolvidos na operação também utilizaram barcos e caminharam mais de um dia em trilhas pela mata. Segundo o chefe do parque, Paulo de Souza, haviam outras estradas paralelas à fronteira que não foram inspecionadas devido ao pouco tempo da operação.

“O chefe do grupo de madeireiros disse que não tinha conhecimento de que aquele local fazia parte do Brasil e garantiu que havia comprado a área de um madeireiro da cidade peruana de Pucalpa, há quatro meses. Pelo que a gente pode notar, a exploração vinha acontecendo há algum tempo, tanto que eles estão retirando apenas cedro, porque o mogno já está escasso. Precisamos fazer novos monitoramentos”, analisa Sousa.

FONTE :  G1.

VER MATÉRIA COMPLETA EM : http://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2013/04/madeireiros-peruanos-sao-detidos-explorando-area-de-protecao-no-ac.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: