AM – Número de queimadas aumenta mais de 160%

Os registros de focos de calor no Amazonas quase duplicaram entre 30 de julho a 5 de agosto de 2012 na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo boletim climático do Centro Estadual de Mudanças Climáticas (Ceclima), divulgado nesta terça-feira (8). 

Na analise anual, o Amazonas registrou 417 ocorrências contra 159 do ano passado. O aumento foi de mais de 162%. O estado é o quinto no ranking. Lidera a lista o Maranhão (945,9%), seguido do Mato Grosso (121,6%). O Pará (120,9%) aparece na terceira posição entre os estados da Amazônia Legal como o maior números de registros de focos de calor. Rondônia, Amapá e Roraima registraram redução.

Do total de registros de queimadas na região da Amazônica Legal, houve aumento de 195,76% em comparação com o mesmo período do ano de 2011. Entre 30 de julho e 5 de agosto deste ano foram identificados 4,11 mil pontos de queimadas, contra 1,39 mil registrados de 2011.

A concentração de focos de calor se encontrou na região sul do estado. Dos registros nos municípios, o maior foi verificado em Manicoré, 332 Km de Manaus, com 67. A cidade ocupa o 1° lugar no rankeamento deste período. Em segundo aparece Novo Aripuanã, a 227 Km da capital, que registrou 42 focos.

O boletim climático apontou ainda os riscos de fogo no Amazonas. A maior probabilidade de ocorrências encontra-se na região sul do Estado. Boca do Acre, Lábrea, Canutama, Humaitá, Manicoré, Novo Aripuanã e Apuí correm “Risco de Fogo Crítico; Manaus, Careiro, Careiro da Várzea, Itacoatiara, Silves, Manacapuru, Manaquiri e Autazes possuem “Risco de Fogo Médio”.

VER MAIS EM : http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2012/08/numero-de-queimadas-aumenta-mais-de-160-no-am-aponta-ceclima.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*